Ministério da Cultura cria festival de música: TV Fest arranca quinta-feira no pequeno ecrã e online

O Ministério da Cultura disponibilizou um milhão de euros para pagar aos artistas e técnicos que vão participar na iniciativa.
Ministério da Cultura cria festival de música: TV Fest arranca quinta-feira no pequeno ecrã e online

Para animar a quarentena, nas últimas semanas, os concertos online multiplicaram-se um pouco por todo o mundo, sendo lançadas várias iniciativas nas redes sociais. A partir desta semana, o Governo português, através do Ministério da Cultura, vai lançar um festival de música.

O TV Fest arranca esta quinta-feira, 8 de abril, às 22h00, e concertos poderão ser vistos na RTP Play ou no canal 444 (disponível em todos os operadores de televisão por cabo). "Todos os dias, à noite, haverá quatro novos artistas. O festival começa na quinta-feira e convidamos o Júlio Isidro para ser aquele que inaugura o festival", contou Graça Fonseca, ministra da Cultura, à RTP1.

Ricardo Ribeiro, Fernando Tordo, Mariza Liz e Rita Guerra são os primeiros artistas a atuar no TV Fest. O festival deverá decorrer durante um mês e a programação será escolhida pelos artistas que passarem pela iniciativa. "O objetivo é criar uma corrente entre os músicos, entre os artistas. Portanto, a Rita Guerra escolhe o próximo, o próximo escolhe o próximo... vamos criar uma cadeira entre os próprios artistas para fazer este festival na TV", explicou a ministra da Cultura.

Para a iniciativa, o ministério da Cultura disponibilizou um milhão de euros para pagar aos artistas e técnicos que vão participar na iniciativa. "Esta iniciativa é fracamente mais positiva porque somos remunerados", frisou o fadista Ricardo Ribeiro à RTP1.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Veja também

 
 

Comentários

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.