Baterista e letrista dos Rush, Neil Peart morreu na passada terça-feira, dia 7 de janeiro, em Santa Monica, na Califórnia, aos 67 anos.

Segundo a Pitchfork, o músico lutava contra um cancro no cérebro há três anos. A notícia foi confirmada apenas esta sexta-feira, dia 10, por um representante da banda.

A revista frisa ainda que Neil Peart era considerado "um melhores bateristas de rock de todos os tempos". O músico tinha anunciado o seu afastamento dos palcos em 2015.

O músico juntou-se ao cantor e baixista Geddy Lee e ao guitarrista Alex Lifeson, em 1974. Os Rush surgiram em Toronto com um som de guitarra pesado e, pouco a pouco, tornaram-se numa referência do rock progressivo, que usa sintetizadores e explora estruturas mais complexas.

As letras do grupo, compostas por Neil Peart, abordam a responsabilidade do indivíduo na sociedade, em canções inspiradas na ficção científica e na mitologia.

Em 2015, a banda anunciou uma digressão de despedida, 41 anos depois de o grupo lançar o seu álbum de estreia homónimo.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.