Stephen Hillenburg, animador que criou a personagem Bob Esponja, morreu na segunda-feira aos 57 anos, informou a Nickelodeon.

O norte-americano morreu na sequência de uma esclerose lateral amiotrófica, que lhe tinha sido diagnosticada em março, acrescentou o canal em comunicado. A doença do sistema nervoso enfraquece os músculos e afeta as funções motoras.

"Ele era um amigo querido e parceiro criativo de longa data de todos da Nickelodeon", lamentou a emissora norte-americana. "Steve deu a Bob Esponja um sentido de humor único e uma inocência que trouxe alegria a várias gerações de crianças e famílias em todo o mundo. As suas personagens e o mundo incrível da Fenda do Biquini vão permanecer como uma lembrança de valores como otimismo, amizade e o poder sem limite da imaginação", pode ler-se ainda na nota.

Emitido desde 1999, "Bob Esponja" é um dos desenhos animados mais populares dos últimos anos. A série contou com mais de 240 episódios e inspirou dois filmes e um musical na Broadway.

Hillenburg foi professor de Biologia Marinha antes de se dedicar a uma carreira na animação, no final dos anos 1980. O seu trabalho em "Bob Esponja" valeu-lhe dois Emmys, em 2010 e 2019, além de dez nomeações. Em fevereiro deste ano, também ganhou um Annie Award, considerado o Óscar da animação.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.