A 10.ª edição da MTU, que decorre de terça-feira a 24 de junho, vai contar com a participação especial da Universidade de Évora e do Grupo de Teatro da Nova, para além dos quatro grupos de teatro universitário de Coimbra que são coorganizadores da iniciativa, afirmou hoje o TAGV.

O arranque da MTU será dado pelo Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra (TEUC), no Teatro de Bolso, com "Pelo Menos Hoje", um espetáculo com encenação de Liliana Caetano e que aborda a pandemia e o confinamento.

Em 21 de maio, serão apresentados três trabalhos em suporte vídeo da Universidade de Évora, em contexto de aula aberta.

Nesse mesmo dia, o Grupo de Teatro da Nova (GTN), apresenta no TAGV o espetáculo "Rockaby", criado a partir de monólogos que "espelham o isolamento, as dúvidas, desejos e pensamentos das personagens" para questionar "uma Europa em estado de emergência".

Em 22 de junho, o grupo Thíasos, que se dedica ao teatro clássico, apresenta também no TAGV "Antígona", tragédia de Sófocles.

No dia seguinte, o Grupo de Etnografia e Folclore da Academia de Coimbra (GEFAC) irá apresentar uma mostra de processo do espetáculo "Como Faz a Primavera".

O ciclo encerra com a apresentação do exercício final do curso do Círculo de Iniciação Teatral da Academia de Coimbra (CITAC) do presente ano letivo, que tem encenação de Catarina Santana.

O bilhete para qualquer um dos espetáculos custa dois euros.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.