Entre sexta-feira e domingo, a União de Freguesias de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca, do concelho de Montemor-o-Velho, distrito de Coimbra, promove a relação das artes com o meio rural, dinamizando concertos itinerantes, uma subida do Mondego com poesia e um circuito de arte urbana.

O festival, organizado pela União de Freguesias, arranca na sexta-feira às 17:00, com a abertura do circuito de arte urbana, curado pela arquiteta Lara Seixo Rodrigues, fazendo-se uma visita aos diferentes espaços intervencionados, disse à agência Lusa o responsável do evento, Daniel Nunes, secretário da união de freguesias.

Add Fuel vai apresentar um painel de azulejos "quebrado" na torre da EDP, na Abrunheira, Halfstudio aborda as placas de boas-vindas das diferentes localidades com um ‘lettering' diferente do tradicional e Pantónio deverá incorporar a fauna presente no concelho na sua intervenção, em Verride, avançou.

O estúdio de design Halfstudio vai ainda criar um mural "de cerca de oito metros por seis", com a inscrição "por amor à terra" - a frase final de uma lenda local em que um pai "divide os montes pelas filhas para acabar com as quezílias", afirmou.

Durante o Rebuliço, os Sampladélicos, projeto de Sílvio Rosado e Tiago Pereira (de A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria) atuam na sexta-feira no jardim de Verride, o grupo de cante alentejano Alentejo Cantado atua no domingo, na Abrunheira, e, no sábado, há concerto de Manuel Freire no Centro Cultural de Verride.

Atuam ainda no festival os Marufa, Filipe Furtado, Bonecos & Campaniça, Tranglomango e Carlos Batista.

Ao todo, serão oito concertos fixos e quatro itinerantes, podendo os artistas "em itinerância tocar onde quiserem", sublinhou.

O evento conta ainda com uma subida de barco, no sábado, com o Centro de Iniciação Teatral Esther de Carvalho (CITEC) a declamar poesia durante o percurso pelo Mondego, da Figueira da Foz a Verride.

Os habitantes da união de freguesias não pagam bilhetes e, com um orçamento de 8.500 euros, o festival "é assegurado pela comunidade", envolvendo-se em toda a logística do evento, realçou Daniel Nunes.

O passe geral para os três dias tem um custo de 12 euros e o bilhete diário oito euros.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.