O Coliseu do Porto acolhe "Ofertório" no dia 30 de julho e o Coliseu dos Recreios, em Lisboa, nos dias 1 e 2 de agosto, em data extra, culminando uma digressão que teve início no Brasil e que, em julho, chega à Europa, primeiro a França, passando depois pelo Reino Unido, Itália, Espanha e, por fim, Portugal.

“Ofertório” “é uma celebração do amor pela música e pela família”. “Há muito tempo tenho vontade de fazer música junto a meus filhos publicamente", afirma Caetano Veloso na apresentação do espetáculo. "Desde a infância de cada um deles, gosto de ficar perto. Cada um é um. Sempre cantei para eles dormirem. Moreno e Zeca gostavam. Tom me pedia para parar de cantar. Indo por caminhos diferentes, todos se aproximaram da música a partir de um momento da vida. Moreno, que nasceu vinte anos antes de Zeca, formou-se em Física. Tom, que nasceu cinco anos depois de Zeca, só gostava de futebol. Moreno e Tom já se profissionalizaram como músicos. Zeca, depois de passar parte da adolescência experimentando música eletrónica, começou a compor solitariamente. Quero cantar com eles pelo que isso representa de celebração e alegria, sem dar importância ao sentido social da herança”.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.