Entre os 58 espetáculos previstos para a programação de março a julho deste ano, que teve um investimento de 640 mil euros, o diretor do Teatro Municipal do Porto, Tiago Guedes, destacou hoje em conferência de imprensa a estreia de “Os 120 Dias de Sodoma”

“Não posso deixar de fora o espéculo de Milo Rau – ‘Os 120 Dias de Sodoma’ -, a partir de uma obra fantástica do Marquês de Sade e do italiano Pasolini”, referiu.

“Os 120 Dias de Sodoma” é um “teatro da violência e do terror”, descreveu Tiago Guedes, dizendo tratar-se de uma “viagem histórica pela mão de Milo Rau, através de Sade e Pasolini, naquela que é uma crítica constante aos poderes instalados e aos seus abusos”, lê-se na informação do dossier de imprensa.

Tiago Guedes também frisou que a nova programação para março/julho é uma “programação de descoberta” onde se deram “poderes aos artistas da cidade” para “estrearem os seus espetáculos, tanto no Rivoli, como no Campo Alegre”.

Um desses exemplos é a estreia da peça de teatro “Dia da Matança na História de Hamlet”, de António Júlio e do Teatro Experimental do Porto, que sobe ao palco do Grande Auditório do Rivoli, nos dias 15, 16 e 17 de março.

“Moving with Pina”, de Cristina Morganti, um espetáculo de dança inspirado na figura, gesto e discurso da coreógrafa Pina Bausch, também se vai estrear em Portugal no dia 22 de março, pelas 21:00 no Campo Alegre.

De março para abril, o destaque do diretor artístico Tiago Guedes foi para o já habitual festival Dias Da Dança, que decorre em parceria com o Festival Internacional de Teatro de Expressão Ibérica, entre 24 de abril a 13 de maio, e para a estreia do espetáculo de dança “Une Maison”, de Christian Rizzo, no dia 27 de abril, às 22:00, no Rivoli.

O espetáculo de dança “A quiet evening of dance”, de Wiliam Forsythe, é outra estreia nacional e vai acontecer no dia 28 de junho, no Grande Auditório do Rivoli.

O espetáculo de dança oriundo da China “4 & 8 Numerical series”, da Companhia de Dança Tao Dance Theater, é uma das estreias nacionais de maio e vai ser apresentado no dia 11, no Rivoli.

A 25 de maio no Rivoli, há também a estreia do espetáculo vindo do Brasil “Odisseia”, da Cia. Hiato, inspirado na obra de Homero.

Em junho, a organização deu destaque à performance “A importância de ser Georges Bataille”, de Miguel Bonneville, que acontece dia 7 e 8 de junho.

A Companhia Nacional de Bailado encerra a programação de temporada do Rivoli com a peça “Dom Quixote”, com três récitas, nos dias 11, 12 e 13 de julho.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.