A atuação conturbada de Mariah Carey no "prime time" do programa especial da ABC para a passagem de ano apresentado por Ryan Seacrest continua a dar que falar. Em comunicado partilhado pela Billboard, Stella Bulochnikov, agente da cantora, revelou que os problemas com o som começaram antes da atuação.

"Dissemos [aos responsáveis pelo palco] que os auriculares não estavam a trabalhar, 10 minutos antes da atuação (...) Então, mudaram a bateria mas continuaram a não trabalhar na frequência certa quatro minutos antes do espetáculo", revela a agente, acrescentando que tentaram "tranquilizar" todos, mas sem conseguir resolver o problema antes do início da atuação de Mariah Carey.

À revista Billboard, Stella Bulochnikov conta ainda que telefonou a Mark Shimmel, responsável pela Dick Clark Productions, depois do especial de passagem de ano. Segundo a agente, o produtor confirmou que existiram vários problemas com os auriculares.

Anteriormente, Nicole Perna, representante da cantora, disse à revista que "a produção fez com que ela falhasse". À Billboard, um outra fonte frisou que Mariah Carey "teve tempo suficiente para ensaiar e não quis".

Na noite deste domingo, 1 de janeiro, a Dick Clark Productions também comentou os problemas na atuação da artista. "Como principais produtores de eventos de televisão em direto por quase 50 anos, orgulhamo-nos da nossa reputação e do relacionamento de longa data com os artistas (...) Em casos muito raros há, naturalmente, erros técnicos que podem acontecer em direto", defende a produtora em comunicado, acrescentando que as acusações de "sabotagem" são "absurdas e ofensivas".

No programa especial da ABC para a passagem, a cantora começou por cantar “Auld Lang Syne”, a canção tradicional folk entoada como despedida ao ano que termina nos países anglo-saxónicos. Até aí tudo bem. Mas, de seguida, quando Mariah Carey começou a cantar o seu sucesso "Emotions" os problemas técnicos começaram. "Não conseguimos ouvir", disse Carey em frente ao público, enquanto a faixa continuava a tocar em pano de fundo mas a artista não cantava.

Carey prosseguiu, dizendo ao público que não tinha havido um "sound check" em condições e que, assim sendo, "cantaria e pronto", assumindo que a atuação tinha sido preparada para ser feita em playback. Tendo de cantar ao vivo, a cantora não conseguiu atingir as notas esperadas e foi recorrentemente parando de cantar e falando no meio da atuação.

"Faltam-nos algumas das partes vocais da canção. É o que é. Vamos deixar o público cantar", disse Mariah Carey durante a atuação.

Veja no vídeo a atuação de Mariah Carey:

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.