A partir das 14:00 de sábado e até ao final de domingo, vários espaços de Serralves como o auditório, a biblioteca, as galerias, a entrada do museu ou a capela e a Casa, vão receber Asuna, Alex Baczynski-Jenkins, Frédéric Gies, Hannah Catherine Jones a.k.a Foxy Moron, Catarina Miranda, Vera Mota, Xavier Paes, Rui Penha/João Dias, Fatima Al Qadiri, Nina Santes e Nora Turato.

O “Museu como Performance” “reúne trabalhos recentes de artistas portugueses e internacionais abrangendo e cruzando dança, música, narrativas faladas, performances visuais e sonoras”, segundo a Fundação de Serralves, que acrescenta que o “programa inclui encomendas em estreia absoluta e adaptações aos espaços de Serralves, num reconhecimento do potencial do seu singular contexto arquitetónico”.

O programa abre no sábado com “Curva Contínua”, de Vera Mota, seguindo-se Nora Turato que apresenta “I’m Happy to Own My Implicit Biases”, prosseguindo ao longo do dia até terminar com “Owed to Suspension”, de Hannah Catherine Jones a.k.a Foxy Moron.

No domingo, a programação começa com “Mazezam”, de Catarina Miranda, e prossegue até às 22:30, quando Fatima Al Qadiri vai apresentar o álbum “Shaneera” no auditório.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.