As peças, que estão disponíveis entre as 00:00 e as 24:00 de hoje, são “Júlia”, de Daniel Gorjão, a partir de August Strindberg, “As Ondas”, de Sara Carinhas, a partir de Virginia Woolf, “O Dia do Juízo”, um texto de Ödön Von Horváth com encenação de Cristina Carvalhal, “A Voz Humana”, de Francis Poulenc e Jean Cocteau, com voz de Lúcia Lemos, “Professar”, de Lígia Soares e Sara Duarte, e para os Mais Novos, “Oceano”, de Ainhoa Vidal, e “O Convidador de Pirilampos”, de António Jorge Gonçalves, com texto de Ondjaki.

Os espetáculos estão disponíveis no seguinte link: https://www.teatrosaoluiz.pt/espetaculo/dia-mundial-do-teatro-no-sao-luiz/.

“Mesmo à distância, celebramos o teatro e aquilo que sempre nos deu: a alegria imensa de, todos juntos, partilharmos ideias, sentimentos e emoções”, lê-se no comunicado do S. Luiz, que exorta os espectadores a juntarem-se ao teatro para assistirem a “bons espetáculos”.

“Viva o teatro!”, conclui o documento daquela sala municipal ao Chiado.

O São Luiz junta-se assim a múltiplas salas nacionais – e internacionais – que assinalam o Dia Mundial do Teatro, hoje, através de várias exibições de espetáculos online, para procurar contrariar as limitações impostas pelas medidas aplicadas para combater a pandemia de COVID-19.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.