Ana Guiomar já começou gravar «Eterno Amor», a próxima novela portuguesa da SIC. Para trás fica, sem deixar saudades, «Podia Acabar o Mundo», em que a jovem actriz vestiu a pele de uma lésbica.

«Apesar do desafio do meu papel, a verdade é que não gostei da história de Podia Acabar o Mundo. Era muito fraquinha, com tudo a andar sempre à volta do mesmo», disse Guiomar a SapoTV.

Aos 20 anos de idade, a actriz desempenhou da melhor forma uma personagem difícil, num registo que exigiu cenas íntimas e ousadas. Para a história da ficção nacional fica o beijo quente que Ana Guiomar protagonizou com Diana Chaves na novela escrita por Manuel Arouca.

«Não fiquei desmotivada, diverti-me imenso com a Diana, mas é evidente que ‘Podia Acabar o Mundo' não conseguiu prender o público. Felizmente, a história de ‘Eterno Amor' que já estamos a gravar parece-me bem mais consistente» - sublinha Guiomar.

Seguindo a prática habitual, a actriz não abre o jogo sobre o enredo da novela que a SIC estreará em Setembro. E nem sequer explica a razão das coloridas madeixas que passou a exibir:
«Dizem que é por eu ir desempenhar um papel de rebelde na história, mas quem sabe? Até pode ser que a minha personagem trabalhe com cabelos...»

As gravações de «Eterno Amor» arrancaram em Junho mas, ainda assim, Ana Guiomar conseguiu arranjar duas semanas para descansar. A actriz esteve de férias em Cuba com o namorado, Diogo Valsassina, apresentador do programa «Curto-Circuito» (SIC Radical), numa viagem cheia de boas recordações.

«Durante quinze dias fizemos praia e mergulho. Fumámos charutos, mas confesso que não achei muita piada. O que mais me impressionou foi o facto de aquele povo ser tão pobre e ao mesmo tempo ter uma dádiva e uma bondade tão grandes!» - conclui Guiomar.

(Texto: Joana Côrte-Real)

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.