Os oito episódios de trinta minutos cada foram filmados entre a ilha de São Miguel, nos Açores, partes da Califórnia e em Rhode Island, disse à Lusa a criadora da série. Serão transmitidos inicialmente na PBS Rhode Island, passando depois a estar disponíveis para outras afiliadas da cadeia de televisão pública.

"Estamos a fazer história na televisão", afirmou Maria Lawton, apontando para o facto de nunca ter havido um programa sobre culinária portuguesa nos Estados Unidos, ao contrário de "tudo o que é nacionalidade" e comunidades imigrantes.

A série foi produzida em parceria com a Cineasta Digital, produtora do norte da Califórnia fundada pelo luso-americano Dean Câmara. Maria Lawton quis que todas as pessoas a trabalhar no programa fossem portuguesas ou lusodescendentes, "porque tinham de ser pessoas orgulhosas de quem são e que entendessem as razões".

A luso-americana nascida em São Miguel criou um formato que mistura receitas, viagens e conversas sobre a cultura portuguesa e a sua diáspora. "Decidi que, se ia fazer isto, não era para estar de pé atrás de um balcão a cozinhar", explicou a chef. "Temos muito mais para mostrar".

Entre os cenários, estão as tradicionais Festas do Espírito Santo na Califórnia, as vinhas de Napa e Sonoma e os restaurantes portugueses Adega em São José e Uma Casa em São Francisco. "Toda a experiência de filmagem foi incrível", afirmou Maria Lawton, referindo ter sentido que "foi muito orgânico".

Sem financiamento da PBS e impossibilitada de receber dinheiro de fora dos Estados Unidos devido às regras da cadeia de televisão pública, a lusodescendente recebeu "centenas de negas" no período de pré-produção. "Maria's Portuguese Table" foi financiada com dinheiro próprio e vários patrocínios, incluindo o BayCoast Bank em Massachusetts, a Azores Airlines (SATA) e a cadeia hoteleira Bensaude Hotels.

A Something Productions, do grupo de comediantes lusodescendentes The Portuguese Kids, também colaborou na produção da série, que Maria diz ser "apenas o princípio".

A chef está agora em conversações com a Amazon, sobre a possibilidade de colocar a série na sua plataforma de ‘streaming’ Prime, e não descarta a ideia de encontrar um acordo de distribuição para a emissão em Portugal.

Em 2014, Maria Lawton publicou o livro de receitas "Azorean Cooking: From My Table to Yours", "um best-seller que abriu as portas para conhecer gente fantástica" e que precedeu o desenvolvimento da série televisa.

"Tenho muito orgulho no povo que somos", afirmou a chef, nascida Maria Medeiros Cabral da Ponte e que emigrou com a família para Massachusetts quando tinha 6 anos. "A nossa cultura é tão rica. É quase um segredo bem guardado".

Se o plano para 2019 correr dentro do previsto, a chef pretende iniciar a produção de uma segunda temporada, que irá a outros locais onde há comunidades e pratos portugueses.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.