A SIC terá exigido a Cristina Ferreira uma indemnização de 20 202 501 euros e 21 cêntimos pelo pelo incumprimento do contrato que estava em vigor até dezembro de 2022, avança o Correio da Manhã na edição desta quarta-feira, dia 19 de agosto.

De acordo com o jornal diário, a apresentadora, que está de regresso à TVI, terá 15 dias para pagar a indemnização à estação de Paço de Arcos. O valor apresentado tem em conta o rompimento do contrato de forma "unilateral", bem como a perda de receitas em chamadas de valor acrescentado, publicidade, ações comerciais e publicidade.

O Correio da Manhã avança que o pedido de indemnização foi enviado esta terça-feira, dia 18. Segundo o jornal, caso Cristina Ferreira não pague, a SIC poderá avançar para tribunal.

A 17 de julho, em comunicado, a SIC reagiu ao regresso da profissional à TVI.  "Cristina Ferreira decidiu cessar unilateralmente a sua ligação à SIC, colocando termo ao contrato que a vinculava até 30 de novembro de 2022. A SIC lamenta a decisão abrupta e surpreendente, mas apesar da desilusão, quer agradecer o trabalho de Cristina Ferreira desenvolvido ao longo deste curto mas intenso período, no seio de uma equipa vencedora, que continuará a empenhar o seu talento e profissionalismo para merecer a confiança do público", frisou o canal.

Cristina Ferreira irá arrancar com os seus novos projetos na TVI em setembro. "Trata-se de um regresso à casa mãe, com funções distintas e um projeto ambicioso ao qual era impossível dizer que não. É uma escolha conduzida pelo afecto com a firme vontade de contribuir para recolocar a TVI no coração de todos os portugueses", sublinhou a apresentadora.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.