Gillian Anderson, que vestiu a pele de Margaret Thatcher na série da Netflix, venceu o segundo Emmy da sua carreira ao triunfar na categoria de Melhor Atriz Secundária numa Série Dramática. A norte-americana venceu a primeira estatueta nos prémios há 24 anos pelo seu trabalho como agente Dana Scully em "Ficheiros Secretos".

Anderson disputou o galardão com colegas as elenco Helena Bonham Carter e Emerald Fennell. As atrizes Madeline Brewer, Ann Dowd, Samira Wiley e Yvonne Strahovski, de "The Handmaid’s Tale", também estavam nomeadas, juntamente com Aunjanue Ellis, de "Lovecraft Country".

Os Emmys voltaram a decorrer ao vivo e as estrelas do pequeno ecrã reencontraram-se na passadeira vermelha - veja aqui as imagens. 

A cerimónia do ano passado - que ocorreu antes do início do processo de vacinação contra a COVID-19 - foi completamente virtual, com o anfitrião Jimmy Kimmel a conduzir a gala a partir de um auditório deserto em Los Angeles, com os vencedores a participarem via Zoom.

Desta vez, o comediante Cedric the Entertainer assumiu o comando do evento, que contou com apenas 500 convidados e que se realizou numa tenda numa tenda gigante (como a usada nos últimos anos nos Governors Balls) no espaço LA Live, perto do Microsoft Theatre de Los Angeles, seguindo os cuidados para evitar a propagação do coronavírus que incluiu a apresentação do certificado digital.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.