"As Cinquenta Sombras Livre" foi o filme preferido nas idas às salas de cinema no fim de semana, mas continua a perder fãs a cada novo filme.

A despedida da saga erótica de E.L. James conseguiu 38,8 milhões com a estreia nos EUA, onde 75% do público foi feminino.

Apesar de ainda ser um sucesso comercial, a saga perde fãs a cada novo filme: "As Cinquenta Sombras de Grey" começou em fevereiro de 2015 com 85,1 milhões e "As Cinquenta Sombras Mais Negras" (2017) com 46,6 milhões dois anos mais tarde.

O filme conseguiu ainda 98,1 milhões de 57 mercados internacionais. O segundo país a convencer mais espectadores foi a Alemanha, com 10,7 milhões.

O total mundial para a estreia de "As Cinquenta Sombras Livre" é de 136,9 milhões, o suficiente para fazer a saga chegar aos mil milhões de dólares de receitas a nível mundial, mas o declínio comercial indica que vai acabar pior do que os outros filmes nas bilheteiras: quando saíram das salas, o primeiro tinha 571 milhões e o segundo 381,1.

Em segundo lugar nos EUA ficou a estreia da animação "Peter Rabbit", com 25 milhões, mais do que esperava o estúdio Sony. A chegada ao nosso país está marcada para 29 de março.

Só em terceiro ficou "15:17 Destino Paris", o novo filme de Clint Eastwood sobre o atentado falhado no comboio, que tem a particularidade de ter como protagonistas os próprios heróis: arrancou com 12,6 milhões nos EUA, o que correspondeu às expetativas. Estreia em Portugal esta semana.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.