Bradley Cooper foi aconselhado a não fazer a sua estreia como realizador de filmes com "A Star Is Born", que em Portugal se vai chamar "Assim Nasce Uma Estrela".

Além de ser a quarta adaptação ao cinema de uma história trágica, o projeto andou anos a arrastar-se em Hollywood, atraindo e afastando (pelo menos) Clint Eastwood, Beyoncé e ainda Tom Cruise, Leonardo DiCaprio, Will Smith, Johnny Depp e Christian Bale.

Até que chegou Bradley Cooper e tomou conta de (quase) tudo: é o realizador, ator principal e co-argumentista da nova versão da história, que, com algumas variações, envolve uma jovem com sonhos de se tornar uma estrela que só o consegue com o auxílio de um homem mais velho alcoólico, cujos dias glória já passaram. A relação torna-se romântica, mas começa a ressentir-se do facto de ela estar em ascensão e ele em decadência.

Nesta versão, Bradley Cooper é Jackson Maine, uma estrela de música country à beira da decadência que descobre Ally, uma cantora desconhecida prestes a desistir do seu sonho.

Ally é Lady Gaga, a fazer a estreia como atriz no grande ecrã e também responsável pela composição dos temas originais que se vão ouvir neste filme.

Todas as atenções vão estar nos dois, como atores e cantores. E, no caso de Bradley Cooper, ainda como realizador.

"Tive muitas pessoas que me disseram 'Por favor não faças isto' — pessoas que respeito e que se preocupam comigo", revelou à Entertainment Weekly.

"Sabia que isto pode ser o fim de tudo se não funcionar. É tipo, 'quem é este tipo a fazer a quarta [versão] deste filme? Sai daqui ." Mas não podia negar o que sentia dentro de mim e é por isso que foi este filme. De certa forma despertou algo em mim", explicou.

Cooper também admitiu que esta é uma história que foi crescendo nele desde a infância: "Costumava escrever canções — é a primeira vez que alguma vez disse isso. Costumava escrever versos e canções na minha cabeça quando era miúdo. E escrevi duas. Estou a falar de tipo dos 8 anos aos 19. Portanto, sabia que existia algo que não tinha seguido que talvez um dia pudesse atualizar num filme."

Em relação aos filmes anteriores, "Nasceu Uma Estrela", de William A. Wellman e com Janet Gaynor e Fredric March (1937) e principalmente "Assim Nasce Uma Estrela" (1954), novamente realizado por George Cukor e com Judy Garland e James Mason, são considerados clássicos do cinema de Hollywood e do cinema sobre Hollywood.

Os outros filmes foram "What Price Hollywood?", de George Cukor e com Constance Bennett e Lowell Sherman (1932) e "Nasce Uma Estrela" (1976), de Frank Pierson, com Barbra Streisand e Kris Kristofferson, que transferiu a história para o mundo da música.

A quarta versão estreia em Portugal a 11 de outubro.

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.