Dave Bautista elevou o tom da sua revolta pública contra o despedimento de James Gunn, o realizador da saga “Guardiões da Galáxia”.

Nas redes sociais, o intérprete de Drax tem sido o mais contundente desde que o realizador foi despedido por mensagens antigas controversas sobre temas como a pedofilia, recuperadas por vários apoiantes do atual presidente dos EUA, nomeadamente Mike Cernovich, ligado à extrema-direita, que divulga habitualmente teorias da compiração ao seus milhares de seguidores.

Segundo fontes da indústria, a Disney não tenciona voltar atrás na sua decisão, mesmo depois de uma carta aberta divulgada a 30 de julho onde todos os atores dos filmes apelam ao regresso de James Gunn.

O estúdio tomou nota que as estrelas ficaram a um pequeno passo de ameaçar desistir da saga na carta, mas a convicção é que irão regressar independentemente das suas opiniões pessoais porque estão sob contrato e enfrentariam consequências jurídicas se desistissem do terceiro filme.

Dave Bautista confirmou isso quando um fã lhe perguntou se tinha planos ou uma reação preparada caso a Disney não volte a contratar o realizador.

"Farei o que estou legalmente obrigado a fazer, mas o 'Guardiões' sem o James Gunn não foi aquilo que assinei. 'Guardiões da Galáxia' sem o James Gunn simplesmente não é o 'Guardiões da Galáxia'. Também é bastante repugnante trabalhar para alguém que permite uma campanha de difamação de cybernazis fascistas. É assim que me sinto."

O ator endurece assim pela primeira vez claramente o discurso em relação ao estúdio depois de ter vindo a destacar artigos na comunicação social contra a decisão desde que tudo começou a 20 de julho.

"Vou ter mais a dizer, mas por agora tudo o que vou dizer é isto. O James Gunn é uma das pessoas mais amorosas, atenciosas e boas que já conheci. É gentil e afável e preocupa-se profundamente com as pessoas e animais. Cometeu erros. Todos nós os fazemos. NÃO estou OK com o que lhe está a acontecer".

"O que vão fazer quando os cybernazis vos atacarem? Quem vai ficar do vosso lado? Quem vai cobardemente se distanciar? Quem vos irá punir pelas PIADAS horríveis no passado em vez de vos defender por INSPIRAREM milhões? MILHÕES!!!"

"O que aconteceu aqui é muito maior do que 'Guardiões da Galáxia 3', James Gunn, eu, a Disney, etc. Este foi um ataque cybernazi que teve sucesso. A menos que comecemos a unir-nos contra esta porcaria, quer as pessoas estejam ofendidas ou não... vai ficar muito pior. E isto pode acontecer a qualquer um."

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.