De campeão olímpico a padrasto de Kim Kardashian e símbolo transgénero para... vilã no filme da Marvel?

"Quero interpretar a senhora mais durona num filme da Marvel que já viram na vida", disse Caitlyn Jenner à revista Variety numa entrevista em que se mostra disponível para mais propostas para trabalhar como atriz e revela que o seu sonho seria o papel de uma vilã no mundo dos super-heróis.

"Arranjem a maquilhagem e o traje. E tenho a voz grave", acrescentou em jeito de promoção.

Antes de assumir a sua transição para uma nova identidade feminina em junho de 2015, Caitlyn Jenner foi Bruce Jenner: campeão olímpico em 1976 no decatlo, seis filhos de três casamentos, o último dos quais a representar a entrada na família Kardashian.

Nos anos 80, entrou em alguns telefilmes e em episódios da série policial "CHiPs", mas antes houve a oportunidade de vir a ser o Super-Homem no cinema, papel que acabaria por ser conquistado por Christopher Reeve.

À Variety, Caitlyn Jenner admite que isso foi um alívio por causa dos seus conflitos de identidade e a personagem ser um grande símbolo da masculinidade.

"E então quatro meses mais tarde [após ganhar a medalha de ouro], telefonaram-me: 'Estaria interessado em fazer um teste para o Super-Homem? Foi simplesmente demasiado para mim. Acabaria por ser visto como o tipo mais macho do mundo e não é isso que sou. Nem de perto", explicou.

"É por isso que quero ser essa durona. Essa miúda consigo interpretar", concluiu.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.