A organização do Festival de Cannes anunciou a seleção oficial (ainda não completamente fechada) da 72ª edição, que decorrerá entre 14 e 25 de maio, numa conferência de imprensa que juntou o presidente Pierre Lescure e o diretor-geral Thierry Frémaux esta quinta-feira.

Na secção competitiva pela Palma de Ouro estará "Frankie", uma coprodução francesa, portuguesa, americana e belga que o realizador norte-americano Ira Sachs rodou em Sintra, com coprodução, equipas técnicas e atores nacionais.

Descrito como um drama familiar "sobre três gerações de uma família que lidam com uma crise radical durante um dia de férias em Sintra, Portugal, uma cidade histórica conhecida pelos seus densos jardins e quintas e palácios de conto de fadas", com coprodução de Luís Urbano e direção de fotografia de Rui Poças, é interpretado por Isabelle Huppert, Brendan Gleeson e Marisa Tomei, num elenco que integra também Carloto Cotta, Ana Brandão e Márcia Breia. Estreia-se em Portugal em outubro.

Na secção Un Certain Regard está ainda "Liberté", do espanhol Albert Serra, rodado em 2018 no Alentejo, com produção da Rosa Filmes.

"The Dead Don’t Die", de Jim Jarmusch, o filme de abertura, era o único título conhecido na competição pela distinção máxima do festival de Cannes.

Esta quinta-feira, além de "Frankie", juntaram-se títulos muito aguardados de realizadores consagrados como "Dolor y Gloria" (Pedro Almodóvar), "A Hidden Life" (Terrence Malick), "Matthias And Maxime" (Xavier Dolan), "Oh Mercy" (Arnaud Desplechin), "Sorry We Missed You" (Ken Loach), "The Traitor" (Marco Bellocchio), "Young Ahmed" (irmãos Jean-Pierre e Luc Dardenne), "Parasite" (Bong Joon-ho) e "It Must Be Heaven" (Elia Suleiman).

No ano passado, a organização comprometeu-se a ajudar a aumentar a presença de filmes de cineastas femininas e este ano inclui quatro na lista dos 19 em competição, igualando um recorde de 2011: "Atlantique", de Mati Diop, "Little Joe", de Jessica Hausner, "Portrait of a Young Lady on Fire", de Celine Schiamma, e "Sibyl", de Justine Triet. Os trabalhos de mais nove realizadoras estão incluídos noutras secções.

A corrida pela Palma inclui ainda "The Wild Goose Lake" (Diao Yinan), "Bacurau" (Kleber Mendonça Filho & Juliano Dornelles), "The Whistlers" (Corneliu Porumboiu) e "Les Misérables" (Ladj Ly).

O cineasta mexicano Alejandro González Inárritu presidirá ao júri, mas não foram anunciados mais nomes.

Ainda existe programação por anunciar, nomeadamente nos programas paralelos Quinzena dos Realizadores e Semana da Crítica, bem como o filme de encerramento.

Normalmente alguns títulos são anunciados mais tarde e Thierry Frémaux espera adicionar mais um ou dois à competição.

Por agora, está de fora "Era Uma Vez em Hollywood", o nono filme de Quentin Tarantino com Leonardo DiCaprio e Brad Pitt. Frémaux diz que a grande parte que viu é "magnífica", mas salientou que a presença em Cannes foi "abusiva e prematuramente anunciada pela imprensa" pois ainda está na fase de montagem, mais complexa porque foi rodado em 35mm e não em digital. Tarantino, acrescentou, está num sprint e desejou-lhe coragem para ficar pronto a tempo.

"Ad Astra", de James Gray, também com Brad Pitt, era muito aguardado, mas também não está pronto e ficará mesmo de fora.

Em relação à ausência da plataforma de streaming Netflix, Thierry Frémaux salientou que, além de não ter nada pronto, Cannes não irá abdicar do princípio de incluir na competição os títulos que respeitem as regras francesas de estrear nas salas de cinema.

Na secção "Un Certain Regard" estão trabalhos de realizadores também bem conhecidos: "Jeanne (Joan of Arc)" (Bruno Dumont), "Chambre 212" (Christophe Honoré), "Vida Invisível" (Karim Ainouz) e o já citado "Liberté" (Albert Serra).

Fora da competição serão exibidos "Les plus belles années d'une vie", de Claude Lelouch (uma sequela de "Um Homem e Uma Mulher" e "Um Homem e Uma Mulher: 20 Anos Depois"), "Rocketman", o biopic sobre Elton John, que virá ao festival, alguns episódios da minissérie da Amazon "Too Old to Die Young – North of Hollywood, West of Hell", de Nicolas Winding Refn, "Diego Maradona", de Asif Kapadia, e "La Belle Époque", de Nicolas Bedos.

"Family Romance, LLC" (Werner Herzog), "Tomasso" (Abel Ferrara) e "Entre Vivant et le Savior" (Alain Cavalier) estão no grupo de filmes com direito a sessões especiais.

O ator francês Alain Delon, 83 anos, receberá a Palma de Ouro de Honra e é feita ainda homenagem à cineasta Agnès Varda, recentemente falecida, a quem é dedicado o cartaz oficial do festival.

Filme de Abertura

"The Dead Don’t Die", de Jim Jarmusch

Secção Competitiva

"The Dead Don’t Die", de Jim Jarmusch
"Dolor y Gloria", de Pedro Almodóvar
"Le Traitre", de Marco Bellocchio
"The Wild Goose Lake", de Diao Yinan
"Parasite", de Bong Joon-ho
"Young Ahmed", de Jean-Pierre Dardenne & Luc Dardenne
"Oh, Mercy", de Arnaud Desplechin
"Atlantique", de Mati Diop
"Matthias & Maxime", de Xavier Dolan
"Little Joe", de Jessica Hausner
"Sorry We Missed You", de Ken Loach
"Les Miserables", de Ladj Ly
"A Hidden Life", de Terrence Malick
"Bacurau", de Kleber Mendoca Filho & Juliano Dornelles
"The Whistlers", de Corneliu Porumboiu
"Frankie", de Ira Sachs
"Portrait of a Young Lady on Fire", de Celine Sciamma
"It Must Be Heaven", de Elia Suleiman
"Sibyl", de Justine Triet

Secção Un Certain Regard

"Vida Invisible", de Karim Ainouz
"Dylda", de Kantemir Balagov
"The Swallows of Kabul", de Zabou Brightman & Elea Gobe Mevellec
"A Brother’s Love", de Monia Chokri
"The Climb", de Michael Covino
"Jeanne (Joan of Arc)", de Bruno Dumont
"O Que Arde", de Olivier Laxe
"Chambre 212", de Christophe Honoré
"Port Authority", de Danielle Lessovitz
"Papicha", de Mounia Meddour
"Adam", de Maryam Touzani
"Zhou Ren Mi Mi" ,de Midi Z
"Liberté", de Albert Serra
"Bull", de Annie Silverstein
"Summer of Changsha" ,de Zou Feng
"Evge, de Nariman Aliev

Sessões especiais

"Share", de Pippa Bianco
"For Sama" de, Waad Al Kateab & Edward Watts
"Family Romance, LLC", de Werner Herzog
"Tomasso", de Abel Ferrara
"Entre Vivant et le Savior", de Alain Cavalier

Sessões da meia-noite

"The Gangster, The Cop, the Devil", de Lee Won-Tae

Fora da Competição

"Les plus belles années d'une vie", de Claude Lelouch
"Rocketman", de Dexter Fletcher
"Too Old to Die Young – North of Hollywood, West of Hell", de Nicolas Winding Refn
"Diego Maradona", de Asif Kapadia
"La Belle Époque", de Nicolas Bedos

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.