Carole Bouquet, que se estreou no grande ecrã em 1977 pela mão de Luís Buñuel em «Este Obscuro Objecto do Desejo», será a madrinha da edição deste ano da Festa, anunciou hoje a diretora do Instituto Francês de Portugal (IFP), Sophie Laszlo, numa conferência de imprensa em Lisboa.

A atriz irá estar presente nas exibições de «Impardonnables», o novo filme de
André Techiné, que antestreia a 15 de outubro no cinema São Jorge, e de «Lucie Aubrac», de
Claude Berri, de 1996, que é apresentado no dia 14, também no São Jorge.

A 12ª edição da
Festa do Cinema Francês, organizada pelo IFP, vai percorrer seis cidades entre 6 de outubro a 8 de novembro.

A festa começa em Lisboa, no dia 6 de outubro, ficando na capital durante dez dias, com projeções no Cinema São Jorge, na Cinemateca Portuguesa e no IFP.

Da programação fazem parte 20 longas-metragens, que serão apresentadas em antestreia, 12 delas já com distribuição garantida em Portugal.

A diretora da Festa,
Elsa Carnevin, destacou ainda que cinco destes filmes serão exibidos em Lisboa antes da estreia comercial em França.

Entre eles está «
The Artist», de Michel Hazanavicius, que valeu a Jean Dujardin o prémio de Melhor Ator este ano do festival de Cannes.

Os outros quatro são
«Un Amour de Jeunesse», de Mia Hansen-Love, que estará em Lisboa na apresentação do filme, que mereceu uma Menção Especial este ano do Festival de Locarno,
«Incendies», de Denis Villeneuve,
«Et Maintenant On Va Où?», de Nadine Labaki, e
«Demain», de Christine Laurent, uma co-produção luso-francesa, que conta com Adriano Luz, Diogo Dória e Beatriz Batarda, entre outros, no elenco.

Christine de Laurent e a atriz Laure de Clermont-Torrene estarão presentes na exibição do filme a 15 de outubro no Cinema São Jorge.

Entre os «mais de 25 convidados» está também o realizador Radu Mihaileanu, de «O Concerto», que vem a Lisboa apresentar o seu mais recente trabalho, «La Source Des Femmes», filme que encerra a Festa em Lisboa a 16 de outubro.

A homenageada deste ano é a atriz francesa
Anouk Aimée, que estará presente na exibição de
«Lola», realizado em 1960 por Jacques Demy, a 7 de outubro no cinema São Jorge. No âmbito da homenagem, serão exibidos na Cinemateca Portuguesa, entre 7 e 31 de outubro, 16 filmes em que a atriz participou.

Outros dos destaques da programação da Festa são um concerto do cantor francês
Sorel, pela primeira vez em Portugal, a 13 de outubro, e uma performance do artista plástico
André Graça Gomes, que realizará ao vivo, três desenhos de grandes dimensões inspirados no universo do realizador Robert Bresson.

A
Festa do Cinema Francês estará em Almada de 12 a 16 de outubro, no Fórum Romeu Correia, e ao Porto chegará no dia 19 e ficará até 23 de outubro, na Fundação de Serralves e no Cinema Passos Manuel.

Guimarães recebe o cinema francês de 19 a 23 de outubro, no Centro Cultural Vila Flor, e ao Teatro Municipal de Faro chega de 22 a 30 de outubro. Só em novembro parará em Coimbra, de 02 a 08, no Teatro Académico de Gil Vicente.

No ano passado, de acordo com a organização, a Festa teve um «recorde de afluência» com 33.500 espetadores.

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.