O projeto está a ser coordenado por Béata Sitarek, coordenadora das aulas de português para as crianças no instituto, que quer desenvolver o bilinguismo junto dos alunos que nasceram em França e que têm laços familiares com a língua portuguesa.

"Esse projeto surgiu a partir disso: dar as ferramentas para eles descobrirem sozinhos o que é o Brasil, o que é o português, por que é que a gente fala português, qual é a nossa cultura, como é vista a nossa cultura aqui, como é que a gente vai crescer com essa cultura da mãe ou do pai vivendo num país que é outro", descreveu a franco-polaca que viveu uma temporada no Brasil e tirou um curso, em França, de Línguas Estrangeiras Aplicadas.

As crianças já criaram o jornal, intitulado "A Turma Franco-brasileira", e as filmagens começaram em setembro, no início do ano letivo, sendo o objetivo "incluir os pais, as professoras e quem sabe, um jornalista" para que as crianças possam trabalhar "todas as competências linguísticas porque vão falar, vão escrever, vão ler [em português]".

"É um projeto em que as crianças criaram um jornal, já achámos um nome, elas já têm as carteiras de jornalista e vão entrevistar as outras turmas sobre um calendário de eventos anuais. No final do ano [letivo], o projeto final é criar - a partir dessas pequenas entrevistas, das filmagens que eles vão fazer e das fotos que vão realizar - um pequeno documentário", explicou a professora.

Béata Sitarek sublinhou que os professores vão acompanhar os alunos, mas serão as próprias crianças a filmar e a entrevistar-se.

O instituto cultural franco-brasileiro Alter'Brasilis nasceu em 2010 e é presidido atualmente por Laura Bettencourt, uma francesa que se apaixonou pelo Brasil na Austrália.

"Apaixonei-me pelo Brasil quando morava na Austrália porque lá morava com amigos só brasileiros e depois decidi aprender a língua porque era próximo do espanhol. Encontrei a Alter'Brasilis e comecei a ter aulas de português do Brasil. Fui morar no Rio de Janeiro em 2010 e depois voltei para França e comecei a trabalhar mais na associação", contou Laura Bettencourt.

A associação Alter'Brasilis tem aulas de português para crianças e adultos, cursos de língua portuguesa em empresas francesas, aulas de preparação para a obtenção do Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros e, ao longo do ano, vai propondo conferências, encontros literários, exposições e espetáculos.

No fim de semana passado, na Noite de Gala oferecida pela autarquia parisiense à comunidade portuguesa, na Câmara Municipal de Paris, a Alter'Brasilis venceu o "Prémio Cap Magellan - Macif - Simão Carvalho do melhor projeto associativo".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.