Todos os filmes de Christopher Nolan desde "Batman - O Início" contam com a participação de Michael Caine.

A intenção é deliberada: o realizador disse publicamente que o seu "grande amigo" se tornou um "amuleto de sorte" e tem de estar em todos os seus filmes.

Assim sendo, o realizador não o dispensou dos outros dois filmes da saga "O Cavaleiro das Trevas" e ainda "O Terceiro Passo", "Inception", "Interstellar" e... "Dunkirk".

Sim, mesmo no filme de guerra de 2017 com um elenco formado por jovens quase desconhecidos e onde os veteranos eram os "cinquentenários" Kenneth Branagh e Mark Rylance, é a voz do lendário autor que se ouve no início a dar as ordens por rádio aos pilotos interpretados por Tom Hardy e Jack Lowden.

A tradição continua no novo filme do realizador, "Tenet", com o ator de 87 anos a aparecer como Sir Michael Crosby, um misterioso veterano dos serviços secretos britânicos.

Há uns meses, Caine revelou que só esteve um dia na rodagem e não sabia nada sobre a história além das páginas da sua marcante cena com John David Washington.

Entretanto, já viu o filme e não há dúvida que não ficou desiludido, partilhando nas redes sociais um comentário curto e direto: "Chris Nolan conseguiu outra vez. 'Tenet' é o melhor filme de ação de sempre".

O filme está nos cinemas portugueses desde 26 de agosto.

VEJA O TRAILER.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.