Doze filmes compõem o ciclo “Cinema nas Ruínas”, a decorrer entre 20 de agosto e 1 de setembro, que este ano volta ao Museu Arqueológico do Carmo, em Lisboa, anunciou a organização.

“Peregrinação”, de João Botelho, inicia o ciclo no dia 20, numa sessão que contará com a presença do realizador, à semelhança do que acontecerá três dias depois quando os realizadores Dorota Kobiela e Hugh Welchman estiveram presentes durante a exibição do seu trabalho “A Paixão de Van Gogh”.

Durante 12 dias, serão exibidos ainda: “Aquarius”, do brasileiro Kleber Mendonça Filho, “O Meu Amigo Pete”, de Andrew Haigh, “Uma Mulher Fantástica”, de Sebástian Lelio, a comédia “A Morte de Estaline”, de Armando Iannucci, “Nico, 1988”, o ‘biopic’ de Susanna Nicchiarelli sobre a musa dos The Velvet Underground, “O Dia Mais Feliz na Vida de Olli Mäki”, de Juho Kuosmanen, a animação “A Viagem de Chihiro”, de Hayao Miyazaki, “No Coração da Escuridão”, de Paul Schrader, “O Sacríficio de um Cervo Sagrado”, do grego Yorgos Lanthimos, e, ainda, o clássico italiano “Cinema Paraíso” de Giuseppe Tornatore, que encerra o ciclo.

O ciclo – cujos filmes são exibidos sempre às 21:00 - é uma parceria da Filmin com a Ar de Filmes/Teatro do Bairro e Museu Arqueológico do Carmo.

Newsletter

Os melhores filmes, as séries mais populares e a música que tem mesmo de ouvir. Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.