Há muito que não se via em Hollywood um lançamento de peso tão envolto em complicações legais como a adaptação da mítica série de BD criada por Alan Moore e Dave Gibbons.

«Watchmen», realizado por Zack Snyder, tem estreia prevista para 6 de Março de 2009, mas até lá tudo pode acontecer, até porque são quase diárias as novidades em relação ao complexo processo que envolve os direitos do filme.

A 20th Century Fox adquiriu os direitos de adaptação de «Watchmen» logo após a sua publicação, em 1986, mas rapidamente foi confrontada com as dificuldades em converter ao cinema uma obra que, até pela sua extensão, era considerada por todos como sendo infilmável.

Em 1994, a Fox perdeu o interesse no projecto e cedeu os direitos de adaptação do filme, que, depois de passarem por muitos estúdios, acabaram por chegar às mãos da Warner Bros., que o desenvolveu até ao estádio de potencial «blockbuster» em que hoje se encontra.

Só que em Fevereiro de 2008, a Fox colocou um processo contra a Warner alegando quebra de «copyright» e defendendo que o estúdio ainda mantinha os direitos de, pelo menos, distribuir o filme.

Por seu lado, a Warner insiste que a Fox os perdeu ao não renovar atempadamente o seu interesse na película.

Um dos pontos que a Fox alega em defesa da sua posição é que havia uma cláusula no contrato que detinha com o produtor do filme, Lawrence Gordon, que explicitava que caso houvesse uma mudança na «equipa artística» da fita, o estúdio reteria a opção privilegiada de trabalhar a película, e que nunca lhes foi comunicada a entrada no projecto do realizador Zack Snyder em 2005.

O processo teve inúmeras argumentações e contra-argumentações de ambas as partes, mas a 24 de Dezembro o juíz Gary A.Feess decretou que a Fox tinha efectivamente direito a distribuir o filme e declarou que iria realizar um julgamento a 20 de Janeiro para resolver alguns assuntos pendentes do processo. Contudo, sugeriu que ambos os estúdios entrassem em acordo em vez de levarem o caso até ao fim em tribunal.

Apesar disso, a última notícia que chegou a público é que os advogados da Fox insistem no adiamento da estreia de «Watchmen» e que os responsáveis pela Warner consideram que «ir a julgamento é necessário e que um acordo é improvável».

O que significa que, à medida que se aproxima a data de estreia de 6 de Março, o que inicialmente parecia um conflito menor está a escalar para uma dimensão que torna cada vez mais improvável a estreia do filme na data prevista.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.