O filme "Seja como for", da realizadora portuguesa Catarina Romano, está na competição internacional do Festival da Curta-Metragem de Clermont-Ferrand (França), que começa hoje e que decorrerá apenas online.

Em dezembro, a organização do festival tinha revelado que estava a preparar uma edição em formato híbrido, com sessões em sala e online, mas a evolução da pandemia da covid-19 obrigou a uma alteração de planos.

A programação decorrerá apenas com exibição online, a partir do 'site' do festival - e apenas em território francês, por questões de direitos - contando com "Seja como for", de Catarina Romano, que se estreia em competição internacional.

"Seja como for" é o segundo filme de Catarina Romano, uma curta de animação sobre solidão, a partir da história de "uma mulher desempregada, que está fechada em casa há muito tempo, aparentemente enclausurada do lado de fora das possibilidades do seu tempo histórico", como se lê na sinopse.

O filme contou com apoio financeiro do Instituto do Cinema e do Audiovisual, e foi exibido pela primeira vez em outubro passado, no festival Curtas de Vila do Conde.

O festival internacional de Clermont-Ferrand é considerado um dos mais relevantes dedicados à curta-metragem, cumprirá a 43.ª edição até 6 de fevereiro, e conta ainda com o habitual mercado dedicado a este formato, também em modo virtual.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.