Lukas, de 20 anos, está neste momento a atravessar uma quimicamente induzida puberdade masculina, pois ele nasceu como rapariga. Cheio de vontade de viver, embarca no frenesim da grande cidade, mas logo de início encontra um grande obstáculo: recrutado para o serviço comunitário, ele é o único homem colocado no dormitório das raparigas. O que seria o sonho de outros rapazes, resulta num desespero quotidiano para Lukas: ser transgénero significa uma constantemente errada compartimentação social.

Afortunadamente, a sua melhor amiga Ine está ao seu lado, e apresenta-o à cena gay de Colónia, onde ela está plenamente integrada. Aqui, Lukas experimenta o seu primeiro engate – com o vaidoso, rufia e muito atraente Fabio. Fabio parece ter tudo aquilo que Lukas não tem: uma desmesurada auto-confiança e uma enorme carga erótica masculina.

A atração inicial entre ambos vai desenvolvendo-se gradualmente – até ao momento em que Fabio tem acesso à identidade secreta de Lukas, no momento em que ambos são compelidos a arriscar algo em nome do sentimento que os une.

«Romeos» propõe um olhar invulgar sobre o tema dos transgéneros, e com humor e alguma ousadia procura quebrar convenções estabelecidas sobre estes indivíduos. É um filme sobre o amor, a amizade e um muito particular despertar sexual.

O filme é exibido hoje, 20 de setembro, às 19h30, no São Jorge.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.