Numa entrevista ao jornal USA Today, George Lucas revelou que só tem uma coisa de que se arrepende em relação à saga «Star Wars»... e não é a criação de Jar Jar Binks.

«A única coisa que lamento a sério sobre «Star Wars» é nunca a ter visto», confessou. «Nunca tive a oportunidade de saltar da cadeira quando a nave apareceu no grande ecrã. No próximo [«Star Wars: O Despertar da Força»], vou poder apreciá-lo como toda a gente».

O cineasta partilhou também que originalmente teve a intenção de realizar um sétimo filme para chegar às salas em maio de 2015 antes de vender a sua empresa, a Lucasfilm, à Disney em 2012 por quatro mil milhões de dólares.

Então com 68 anos, Lucas, que entretanto casou e tem uma filha, desistiu da ideia ao perceber que comandar uma nova trilogia significaria um compromisso de pelo menos 10 anos.

«Foi melhor para mim desistir antes de ter começado algo novo e ser capaz de me afastar. O tempo é mais importante para mim do que o dinheiro».

No entanto, parece estar afastada a ideia de reforma: George Lucas diz estar a escrever filmes «experimentais». Umas das suas histórias está na base da animação «Strange Magic», que estreia este mês nos EUA.

«Star Wars: O Despertar da Força» estreia a 17 de dezembro de 2015.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.