É já esta noite em Beverly Hills (madrugada de segunda-feira em Portugal) que se realiza a 76ª edição dos Globos de Ouro, uma das mais importantes cerimónias de prémios de Hollywood.

Visto em direto por milhões de telespectadores, o evento é um dos pontos de paragem obrigatória para as estrelas em campanha na temporada de prémios, tanto mais que tem lugar na véspera do início da votação para as nomeações aos Óscares.

Na era das redes sociais, cerimónias intermináveis (três horas, intercaladas com publicidade) estão a tornar-se cada vez menos populares e a edição de 2018 teve apenas 19 milhões de telespectadores nos Estados Unidos. O desafio de salvar um formato televisivo em declínio está a cargo dos anfitriões Sandra Oh ("Anatomia de Grey", "Killing Eve") e Andy Samberg ("Brooklyn Nine-Nine").

A favor dos prémios está a fama de serem imprevisíveis e de existir quase sempre um elemento de surpresa numa das categorias principais. Além disso, a noite de gala conjuga glamour com informalidade e imprevistos, "alimentados" pelo álcool que circula pela sala.

"Os Globos de Ouro são imprevisíveis, e é isso que os torna tão divertidos. Mas este ano, os nomeados nas principais categorias têm todos muito mérito, por isso tudo é possível", disse à AFP Paul Dergarabedian, analista para a empresa especializada Comscore.

Entregues pelos mais de 90 membros da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood, os Globos são um barómetro da temporada de prémios, embora não sejam um indicador claro para o sucesso nos prémios da Academia: nos últimos 11 anos, as escolhas apenas coincidiram nos filmes "Quem Quer Ser Bilionário?" (2009), "O Artista" (2012), "Argo" (2013) e "12 Anos Escravo" (2014).

Um ano depois de uma edição marcada pelo discurso da apresentadora Oprah Winfrey contra "os homens poderosos e brutais" em pleno desenvolvimento do movimento #MeToo, a indústria cinematográfica norte-americana volta a olhar para o que foi feito nos últimos meses.

Acima de tudo, Lady Gaga

Este ano, tão previsível como os prémios de carreira para Jeff Bridges (cinema) e Carol Burnett (a primeira a receber o prémio de televisão e que dará o nome ao galardão), é que os Globos irão consagrar a carreira de Lady Gaga no cinema: dificilmente lhe escapará o prémio de Melhor Canção por "Shallow", que interpreta com o seu co-protagonista (e realizador) Bradley Cooper em "Assim Nasce uma Estrela".

Muitos analistas também acreditam que poderá juntar o galardão de Melhor Atriz em Drama, ultrapassando a forte concorrência de Glenn Close ("A Mulher") e Melissa McCarthy ("Can You Ever Forgive Me?").

Para o prémio de melhor ator, Bradley Cooper tem como principal rival Rami Malek, que interpreta o vocalista dos Queen, Freddie Mercury, em "Bohemian Rhapsody".

"Assim Nasce uma Estrela" também parece ser o favorito a Melhor Filme em Drama, ainda que não se possam descartar as possibilidades de "Blackkklansman", "Bohemian Rhapsody" ou até "Black Panther".

A outra aposta certa na noite de domingo no Beverly Hilton é que "Roma", de Alfonso Cuarón, uma homenagem cinematográfica à sua infância na Cidade do México na década de 1970, levará o prémio de melhor filme estrangeiro para juntar a muitos outros que tem recolhido esta temporada.

O cineasta também concorre na categoria de realização e é o favorito, ainda que não seja de ignorar Spike Lee por "Blackkklansman".

Na categoria de Comédia ou Musical, a maioria dos analistas e "sites" de previsões apostam na derrota de "Vice", apesar do retrato sarcástico do antigo vice-presidente americano Dick Cheney até liderar a lista dos filmes na corrida com seis nomeações.

As críticas estão muito divididas desde a estreia nos cinemas americanos a 25 de dezembro (chega a Portugal a 14 de fevereiro), com muitos a apontarem que o filme dirigido por Adam McKay fica pela superfície da personagem ou pior, pende para a caricatura. Isto poderá favorecer a comédia real "A Favorita" e a comédia dramática sobre direitos civis "Green Book".

Ainda assim, Christian Bale, quase irreconhecível como Cheney, é o favorito ao prémio de melhor ator na categoria, ainda que enfrente a forte concorrência de Viggo Mortensen ("Green Book").

Na categoria de melhor atriz em filme de comédia ou musical, Olivia Colman ("A Favorita") só deverá disputar o prémio com Emily Blunt ("O Regresso de Mary Poppins").

Nos atores secundários, que não distinguem dramas das comédias e musicais, o consenso é que tudo se decidirá entre Mahershala Ali ("Green Book"), Richard E. Grant ("Can You Ever Forgive Me?"), Amy Adams ("Vice"), Regina King ("If Beale Streat Could Talk") e Rachel Weisz ("A Favorita").

Novos rostos nas categorias de TV

Os Globos de Ouro também homenageiam o melhor da televisão e podem parecer um pouco redundantes depois dos Emmys em setembro. Daí a lista repetir muitos dos seus nomeados e ser uma estranha mistura de novidades e produções já nomeadas noutras edições.

Para complicar ainda mais, os votantes dos Globos muitas vezes surpreendem ao escolher "outsiders".

O vencedor dos Emmy "O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story", por exemplo, lidera aqui as nomeações, com quatro.

Outros títulos conhecidos nos nomeados são "The Marvelous Mrs. Maisel", "Barry", "The Good Place", "Kidding", "The Americans" (a última temporada), "Killing Eve" e "Pose".

Ainda assim, surgem já as estreias da minissérie da HBO "Sharp Objects", do drama da Amazon "Homecoming", com Julia Roberts, da comédia "The Kominsky Method", da Netflix, e de "Bodyguard", a nova sensação da BBC com Richard Madden.

LISTA COMPLETA DE NOMEADOS

CINEMA

MELHOR FILME (DRAMA)
Assim Nasce Uma Estrela
Black Panther
BlacKkKlansman: O Infiltrado
Bohemian Rhapsody
If Beale Streat Could Talk

MELHOR FILME (COMÉDIA OU MUSICAL)
Crazy Rich Asians
A Favorita
Green Book - Um Guia Para a Vida
O Regresso de Mary Poppins
Vice

MELHOR REALIZAÇÃO
Bradley Cooper ("Assim Nasce Uma Estrela")
Alfonso Cuarón ("Roma")
Peter Farrelly (" Green Book - Um Guia Para a Vida")
Spike Lee ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")
Adam McKay ("Vice")

MELHOR ATOR (DRAMA)
Bradley Cooper ("Assim Nasce Uma Estrela")
Willem Dafoe ("At Eternity's Gate")
Lucas Hedges ("Boy Erased")
Rami Malek ("Bohemian Rhapsody")
John David Washington ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")

MELHOR ATRIZ (DRAMA)
Glenn Close ("A Mulher")
Lady Gaga ("Assim Nasce Uma Estrela")
Nicole Kidman ("Destroyer")
Melissa McCarthy ("Can You Ever Forgive Me?")
Rosamund Pike ("Uma Guerra Pessoal")

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Christian Bale (“Vice”)
Lin-Manuel Miranda (“O Regresso de Mary Poppins”)
Viggo Mortensen (“ Green Book - Um Guia Para a Vida”)
Robert Redford (“The Old Man & the Gun”)
John C. Reilly (“Stan & Ollie”)

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Emily Blunt (“O Regresso de Mary Poppins”)
Olivia Colman ("A Favorita")
Elsie Fisher ("Eighth Grade")
Charlize Theron ("Tully")
Constance Wu ("Crazy Rich Asians")

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO
Mahershala Ali (“ Green Book - Um Guia Para a Vida”)
Timothee Chalamet ("Beautiful Boy")
Adam Driver ("BlacKkKlansman: O Infiltrado")
Richard E. Grant ("Can You Ever Forgive Me?")
Sam Rockwell ("Vice")

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA
Amy Adams ("Vice")
Claire Foy ("O Primeiro Homem na Lua")
Regina King ("If Beale Streat Could Talk")
Emma Stone ("A Favorita")
Rachel Weisz ("A Favorita")

MELHOR ARGUMENTO
Roma
A Favorita
If Beale Street Could Talk
Vice
Green Book - Um Guia Para a Vida

MELHOR FILME ESTRANGEIRO
Girl (Bélgica)
Roma (México)
Shoplifters: Uma Família de Pequenos Ladrões (Japão)
Cafarnaum (Líbano)
Never Look Away (Alemanha)

MELHOR FILME DE ANIMAÇÃO
The Incredibles 2: Os Super-Heróis
Ilha dos Cães
Mirai
Ralph vs Internet
Homem-Aranha: No Universo Aranha

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL
Um Lugar Silencioso
Ilha dos Cães
Black Panther
O Primeiro Homem na Lua
O Regresso de Mary Poppins

MELHOR MÚSICA ORIGINAL
All the Stars” (“Black Panther”)
Girl in the Movies (“Dumplin’”)
Requiem For A Private War ("Uma Guerra Pessoal")
Revelation (“Boy Erased”)
Shallow (“Assim Nasce Uma Estrela"”)

TELEVISÃO

MELHOR SÉRIE (DRAMA)
The Americans
Bodyguard
Homecoming
Killing Eve
Pose

MELHOR ATOR (SÉRIE DRAMA)
Jason Bateman (“Ozark”)
Stephan James (“Homecoming”)
Richard Madden (“Bodyguard”)
Billy Porter (“Pose”)
Matthew Rhys (“The Americans”)

MELHOR ATRIZ (SÉRIE DRAMA)
Caitriona Balfe ("Outlander")
Elisabeth Moss ("The Handmaid’s Tale")
Sandra Oh ("Killing Eve")
Julia Roberts ("Homecoming")
Keri Russell ("The Americans")

MELHOR SÉRIE (COMÉDIA)
Barry
Kidding
The Good Place
The Kominsky Method
The Marvelous Mrs. Maisel

MELHOR ATOR (COMÉDIA OU MUSICAL)
Sascha Baron Cohen ("This is America")
Jim Carrey ("Kidding")
Michael Douglas ("The Kominsky Method")
Donald Glover ("Atlanta")
Bill Hader ("Barry")

MELHOR ATRIZ (COMÉDIA OU MUSICAL)
Kristen Bell ("The Good Place")
Candice Bergen ("Murphy Brown")
Alison Brie ("Glow")
Rachel Broshnahan ("The Marvelous Mrs. Maisel")
Debra Messing ("Will & Grace")

MELHOR TELEFILME OU MINISSÉRIE
The Alienist
American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace
Escape at Dannemora
Sharp Objects
A Very English Scandal

MELHOR ATOR EM TELEFILME OU MINISSÉRIE
Antonio Banderas ("Genius: Picasso")
Daniel Bruhl ("The Alieniest")
Darren Criss ("American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace")
Benedict Cumberbatch, Patrick Melrose")
Hugh Grant ("A Very English Scandal")

MELHOR ATRIZ EM TELEFILME OU MINISSÉRIE
Amy Adams ("Sharp Objects")
Patricia Arquette ("Escape at Dannemora")
Connie Britton ("Dirty John")
Laura Dern ("The Tale")
Regina King ("Seven Seconds")

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Alan Arkin (“The Kominsky Method”)
Kieran Culkin (“Succession”)
Edgar Ramirez (“American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace”)
Ben Whishaw (“A Very English Scandal”)
Henry Winkler (“Barry”)

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA EM SÉRIE, MINISSÉRIE OU TELEFILME
Alex Bornstein ("The Marvelous Mrs. Maisel")
Patricia Clarkson ("Sharp Objects")
Penelope Cruz ("American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace")
Thandie Newton ("Westworld")
Yvonne Strahovski ("The Handmaid’s Tale")

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.