Somado o mau acolhimento à desilusão comercial, o lançamento de "Exterminador: Genisys" em 2015 parecia ter colocado fim à saga com mais de 30 anos popularizada por Arnold Schwarzenegger.

Afinal, pode não ser bem assim: de acordo com o Deadline, James Cameron, realizador de "O Exterminador Implacável" (1984) e "Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento" (1991), está em conversações com Tim Miller, realizador de "Deadpool", para fazerem um novo filme.

A ligação faz sentido: os dois começaram nos efeitos especiais e fizeram filmes com pouco orçamento que se tornaram grandes sensações.

Ocupado com quatro sequelas de "Avatar", a primeira das quais com estreia prevista para dezembro de 2018, James Cameron vai recuperar os direitos da saga em 2019, 35 anos após o primeiro filme.

Não se sabe se pretende seguir os desenvolvimentos de "Genisys" (cuja sequela chegou a estar agendada para 19 de maio de 2017), refazer completamente ou avançar com uma sequela direta de "O Dia do Julgamento", o último que teve o seu envolvimento, nem o eventual papel de Arnold Schwarzenegger.

A intenção é fazer equipa com "autores de topo da ficção científica para descobrir o filme em termos criativos".

O estúdio que ainda tem os direitos e co-financiou o último filme estaria envolvido no novo projeto, descrito ao mesmo tempo como um "relançamento" e "a conclusão de uma das maiores histórias de ficção científica do cinema".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.