"Manchester by the Sea" ganhou o prémio de Melhor Filme de 2016 da National Board of Review (NBR), a mais antiga organização norte-americana a distribuir prémios anuais de cinema (fundada em 1909) e que é composta por cerca de 110 membros selecionados, que incluem cineastas, académicos e estudiosos da área de Nova Iorque.

O filme sobre um homem forçado a tomar conta do sobrinho adolescente depois da morte do pai, quando ele próprio destruiu a sua família, foi mesmo o grande vencedor: ganhou também na categoria de argumento original, ator para Casey Affleck e revelação para Lucas Hedges.

A distinção confirma-o como um dos mais fortes candidatos nesta temporada de prémios do cinema americano que começa mais a sério esta semana com os anúncios das escolhas de várias organizações.

Amy Adams foi considerada a melhor atriz pelo filme "O Primeiro Encontro". Jeff Bridges e Naomie Harris foram votados os melhores secundários, respetivamente por "Hell or High Water: Custe o que Custar!" e "Moonlight".

"Moonlight" também foi distinguido pela realização de Barry Jenkins.

Embora as escolhas entre a NBR e Óscares apenas tenham coincido duas vezes nos últimos dez anos - "Este País Não é Para Velhos" em 2007 e "Quem Quer Ser Bilionário?" (2008) -, vários filmes do seu TOP 10 acabam por ser depois também nomeados pela Academia.

Ficando de fora o filme que recebe a distinção máxima, o TOP 10 é composto por "Elementos Secretos" (estreia a 2 de fevereiro), "Hell or High Water: Custe o que Custar!" (8 de dezembro), "O Herói de Hacksaw Ridge", "La La Land: Melodia de Amor" (26 de janeiro), "Milagre no Rio Hudson", "Moonlight" (sem confirmação de estreia em Portugal), "O Primeiro Encontro", "Salve, César!", "Silêncio" (19 de janeiro e uma surpresa na lista pois acreditava-se que não tinha existido qualquer apresentação, pública ou privada, do filme de Martin Scorsese a tempo da votação dos NBR) e "Unidos Por Boston" (12 de janeiro).

Eis a lista completa dos melhores de 2016 segundo a National Board of Review:

Melhor Filme: "Manchester by the Sea"

Melhor Realizador: Barry Jenkins por "Moonlight"

Melhor Ator: Casey Affleck por "Manchester by the Sea"

Melhor Atriz: Amy Adams por "O Primeiro Encontro"

Melhor Ator Secundário: Jeff Bridges por "Hell or High Water: Custe o que Custar!".

Melhor Atriz Secundária: Naomie Harris por "Moonlight"

Melhor Argumento Original: "Manchester by the Sea"

Melhor Argumento Adaptado: "Silêncio"

Melhor Longa-Metragem de Animação: "Kubo e as Duas Cordas"

Ator Revelação: Lucas Hedges por "Manchester by the Sea"

Atriz Revelação: Royalty Hightower por "The Fits"

Melhor Estreia na Realização: 
Trey Edward Shults por "Krisha"

Melhor Filme em Língua Estrangeira: "O Vendedor" (Irão) (estreia a 22 de dezembro)

Melhor Documentário: "O.J.: Made in America"

William K. Everson Film History Award: Cecilia De Mille Presley (neta do realizador Cecil B. DeMille e ligada à preservação de filmes)

Melhor Elenco: "Elementos Secretos"

Spotlight Award: Colaboração criativa entre o realizador Peter Berg e o ator e produtor Mark Wahlberg

Prémio NBR Freedom de Liberdade de Expressão: Os operadores de câmara

Top 5 de Filmes de Língua Estrangeira (em ordem alfabética): "Ela", "A Criada" (26 de janeiro), "Julieta",  "Under sandet" e "Neruda"

Top 5 de Documentários (em ordem alfabética): "De Palma", "The Eagle Huntress", "Gleason", "Life, Animated" e "Miss Sharon Jones!"

Top 10 Filmes Independentes (em ordem alfabética): "20th Century Women", "Capitão Fantástico", "Creative Control", "The Fits", "Green Room", "Hello, My Name is Doris", "Krisha", "Morris from America Sing Street" e "Operação Eye in the Sky"

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.