"Um Avô Muito à Frente", lançado nas salas de cinema no início deste ano, voltou a chamar a atenção para os maus filmes de Robert De Niro tem feito nos últimos anos. Ou seja, recordou que longe vão os tempos de "Taxi Driver" (1976), "O Caçador" (1978), "O Touro Enraivecido" (1980) ou "Tudo dos Rapazes" (1990).

O tema regressou durante um podcast de Bret Easton Ellis em que a convidada foi a atriz Illeana Douglas, que trabalhou com o ator precisamente em "Tudo Bons Rapazes" e ainda em "O Cabo do Medo" (1991) e "Na Lista Negra" (1991).

O escritor de "Menos Que Zero", "As Regras da Atracção" e "Psicopata Americano" destacou "Guia Para Um Final Feliz" (2012) e "O Estagiário" como bons exemplos de filmes recentes de De Niro, mas estava curioso por saber qual a justificação para o significativo declínio da sua carreira após a obra-prima de Martin Scorsese de 1990, aparecendo em vários projetos que não eram dignos do seu talento.

Ellis pensa que são verdadeiros os rumores de que a lenda de 72 anos está só a fazê-los pelo dinheiro: "Ouvi financiadores dizerem que se tiveres dinheiro suficiente, De Niro vai aparecer em tudo o que tenhas e que parece que ele se vendeu".

No entanto, Illeana Douglas, que apareceu em vários clássicos ao lado de grandes atores, diz que a culpa é menos de De Niro e mais da atual forma de fazer cinema em Hollywood.

Salientando que é uma 'outsider' no tema, a atriz diz que "Acho que o ambiente que foi criado para representar e fazer uma obra de arte já não existe".

"Estamos a falar de um ambiente onde Marty [Scorsese] obrigava a equipa a tirar os seus relógios. Onde, na rodagem de 'O Cabo do Medo' De Niro apanhou alguém a olhar para o relógio e lhe gritou porque era do género 'Estamos a fazer arte'. E deve ser muito complicado estar num ambiente em que é tipo 'Sim, temos uma hora, vamos fazer esta cena, vamos fazer esta cena' e se mais ninguém se importa, por que deveremos ser nós a preocupar-nos?"

E Douglas acredita que que De Niro ainda é capaz de fazer o melhor.

"Ainda acredito que está lá, ainda acredito que está em todos esses grandes atores, mas tem de se criar o ambiente para eles e estimá-los".

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.