Kirin Kiki, de 75 anos, cujo nome verdadeiro era Keiko Uchida, costumava interpretar papéis de avó malvada para as câmaras de Kore-eda, vencedor da Palma de Ouro deste ano em Cannes com "Manbiki Kazoku". Nesta história comovente que analisa os elos que são estabelecidos entre pessoas que partilham um mesmo teto, Kirin Kiki é uma das protagonistas.

A atriz também apareceu em outras obras de Kore-eda, como "The Third Murder" (2017) e "Depois da Tempestade" (2016).

Os japoneses admiravam a atriz tanto nos cinemas como em séries de televisão ou na publicidade. Kirin Kiki foi várias vezes premiada no Japão.

Nos últimos tempos, a atriz apareceu em programas de televisão falando sobre o cancro de mama de que sofria, uma doença que tornou pública em 2013, mas da qual foi diagnosticada nove anos antes.

Kirin Kiki também encantou a imprensa ao optar por viver sob um teto diferente do do seu marido, o cantor Yuya Uchida.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.