O cineasta israelita Moshé Mizrahi, o único do seu país a ganhar um Óscar, faleceu na sexta-feira aos 86 anos e será enterrado esta segunda em Telavive, informou a sua família.

Mizrahi ganhou o Óscar de Melhor Filme estrangeiro em 1978 por "A Vida à Sua Frente", rodado na França e protagonizado por Simone Signoret.

Nascido em 1931 no Egito, o futuro cineasta emigrou para o mandato britânico da Palestina em 1946 com a sua mãe e o seu irmão mais novo, falecido dois anos depois durante um ataque aéreo egípcio na guerra posterior à declaração de independência de Israel.

Nos anos 1950, estudou cinema na França e durante anos viveu entre os dois países.

A Vida à Sua Frente (1977)

Outros dois filmes seus, "Amo-te, Rosa" (1972) e The House on Chelouche Street" (1973), foram nomeados para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro.

Mizrahi foi o realizador de grandes atores franceses, como Jean Rochefort, Pierre Richard e Annie Girardot, assim como de Tom Hanks, protagonista de "É Difícil Dizer Adeus ", uma coprodução entre Israel e Estados Unidos de 1986.

O seu último filme foi "Sof Shavua be-Galil", em 2007.

Depois de se divorciar da escritora e argumentista Rachel Mizrahi, Moshé Mizrahi casou-se com a realizadora israelita Michal Bat Adam.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.