O ator Jean-François Stévenin, que começou a carreira trabalhando com cineastas como Jacques Rivette e François Truffaut antes de se tornar um popular secundário do cinema francês e também realizador, morreu na terça-feira aos 77 anos, informou a família.

Jean-François Stévenin dirigiu três filmes considerados de culto: "Passe montagne" (1978), "Doubles messieurs" (1986) e "Mischka" (2002).

Apesar disso, foi sobretudo um ator prolífico e a sua carreira inclui participações em "O Menino Selvagem" (1970), "A Noite Americana" (1973) e "A Idade da Inocência" (1976), todos de François Truffaut, "Um Quarto na Cidade", de Jacques Demy (1982), que lhe valeu a sua única nomeação para os prémios César, "O Pacto dos Lobos", de Christophe Gans (2001) e "O Homem do Comboio", de Patrice Leconte (2002).

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.