"O Filme do Bruno Aleixo", realizado por João Moreira e Pedro Santo, criadores da personagem, chega aos cinemas em Portugal e no Brasil no dia 23, tendo antestreia marcada para este sábado, no Cineteatro de Anadia.

O filme já marcou presença, em 2019, no Festival do Rio, na Mostra Internacional de Cinema em São Paulo e no festival Porto/Post/Doc, tendo agora a sua antestreia no sábado, em Anadia, local onde decorreu grande parte da rodagem do filme, estando também associado à própria personagem fictícia, que tem ascendência da Bairrada, tal como um dos autores do Bruno Aleixo, João Moreira.

A estreia comercial decorre no dia 23 em Portugal e no Brasil, onde vai ser exibido em 18 salas de cinema, em 11 cidades diferentes.

Segundo João Moreira, no filme, a personagem fictícia Bruno Aleixo "recebe uma proposta para fazer um filme" e, não tendo ideias, acaba por juntar os amigos, como o Homem do Bussaco ou o Busto, para "fazerem um 'brainstorming'", lançando "ideias parvas para filmes", que vão sendo materializadas "com atores de carne e osso".

O filme acaba por fazer várias referências à cultura pop da sétima arte e aos seus diferentes géneros, procurando ser também uma "homenagem ao cinema", afirmou à agência Lusa o humorista.

TRAILER.

"O Filme do Bruno Aleixo", explica, continua a ter referências às pequeninas coisas do quotidiano, mas centra-se mais no "imaginário comum do cinema, do que propriamente no imaginário comum popular português".

Apesar da produção de cinema, Bruno Aleixo não ganha três dimensões e todos os bonecos - Renato, Homem do Bussaco ou o Busto - "continuam iguais a eles próprios", mexendo, como sempre, apenas a boca e os olhos, mantendo-se de alguma forma a imagem 'lo-fi' associada às personagens, afirmou João Moreira.

Sobre o "fenómeno" da personagem no Brasil, onde tem vários seguidores, João Moreira não encontra uma explicação, até porque nunca houve um esforço para chegar a esse país.

"Acham aquilo uma bizarrice, mas acho que remete, talvez, para um imaginário antigo qualquer do português", referiu.

Bruno Aleixo é uma personagem ficcional que parece uma mistura entre um cão e um Ewok (personagem do universo dos filmes Star Wars), tem 62 anos de idade, é natural de Coimbra, com ascendência da Bairrada, de onde preserva um certo modo de falar, e do Brasil, e apareceu pela primeira vez em 2008, com vídeos publicados na Internet, com vários conselhos, desde os problemas de dormir nu à necessidade de guardar bolas de naftalina, para as crianças não as comerem.

Depois da estreia nos cinemas, o filme será adaptado para televisão, com exibição na Sic Radical.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.