Pelo menos uma coisa é certa: a edição de 2010 será a primeira em que dois nomeados ao Óscar de Melhor Realizador já foram casados um com o outro. A conta não é difícil de fazer sendo que esta é apenas a quarta vez na história que uma mulher é nomeada nesta categoria (as outras foram
Lina Wertmüller,
Jane Campion e
Sofia Coppola), mas é bem possível que seja um deles a conquistar a estatueta dourada.

Na verdade, se a disputa parecia há alguma semanas jogar-se apenas entre
Kathryn Bigelow por
«Estado de Guerra» e
Jason Reitman por
«Nas Nuvens», a vitória de
James Cameron por
«Avatar» nos Globos de Ouro baralhou tudo outra vez, e a Academia pode não ficar indiferente ao trabalho tecnicamente revolucionário do cineasta bem como aos colossais resultados de bilheteira que dele resultaram. Os três filmes são excepcionalmente diferentes e a vitória de um deles sobre os outros dois é, por esta altura, imprevisível.

Lee Daniels, no segundo filme como realizador, não parece ter aqui grande hipótese, e
Quentin Tarantino, apesar das muitas nomeações do seu
«Sacanas sem Lei», parece ser um «outsider» nesta corrida, com um filme polémico demais para obter a consensualidade da Academia.

Nomeados Melhor Realizador

James Cameron por
«Avatar»

Jason Reitman por
«Nas Nuvens»

Kathryn Bigelow por
«Estado de Guerra»

Quentin Tarantino por
«Sacanas Sem Lei»

Lee Daniels por
«Precious»

E o vencedor é

Kathryn Bigelow por
«Estado de Guerra»

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.