O filme sobre a juventude do contrabandista Han Solo tem agora Ron Howard na realização, que estará desde segunda-feira em Londres a preparar as próximas filmagens, que começam a 10 de julho.

No entanto, uma nova notícia dá conta que os problemas nesta nova aventura cinematográfica na galáxia muito distante vão para lá do trabalho dos despedidos realizadores Phil Lord e Chris Miller.

De acordo com o The Hollywood Reporter (THR), a Lucasfilm também não está contente com a interpretação de Alden Ehrenreich, que é "apenas" o ator principal".

Foi decidido contratar um professor para conseguir a interpretação o que o estúdio sentia que Lord e Miller não estavam a extrair do ator de 27 anos. Estes sugeriram Maggie Kiley, com quem trabalharam na comédia "Agentes Secundários".

Como refere o THR, embora seja uma decisão que não é inédita, a contratação numa fase tão tardia da produção já é menos habitual.

Outra mudança da Lucasfilm para tentar melhorar a produção foi a substituição do editor Chris Dickens pelo veterano Pietro Scalia, frequente colaborador de Ridley Scott e Oliver Stone.

Apesar destas alterações, os realizadores continuaram a ter dificuldades em conjugar o seu estilo de improvisação que usaram nos filmes anteriores com as exigências de uma grande produção como "Star Wars".Com a intenção de colocar a produção nos eixos que pretendia, o estúdio quis aumentar a influência do argumentista Lawrence Kasdan, ligado à saga desde "O Império Contra-Ataca" (1980). Phil Lord e Chris Miller deram conta do seu descontentamento com a presença desta "sombra" na rodagem e sem ser possível conciliar as partes, a presidente da Lucasfilm tomou a decisão de os despedir.

O filme, ainda sem título oficial, continua com estreia marcada para 25 de maio de 2018.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.