Embora tenha sido
Doug Liman a lançar a série cinematográfica do agente amnésico Jason Bourne com
«Identidade Misteriosa», foi
Paul Greengrass o realizador que mais ficou associado a ela, graças aos super-sucessos que foram os filmes
«Supremacia» e
«Ultimato». Tanto
Matt Damon, protagonista da trilogia, como Greengrass, disseram que após o terceiro filme não regressariam à série, mas o estúdio, naturalmente, não quis desistir do projecto.

Jason Bourne é uma personagem criada para a literatura por
Robert Ludlum, que já vai com oito romances publicados e mais um previsto para 2011, embora só os três primeiros, os que chegaram ao cinema, tenham saído directamente da pena do autor, entretanto falecido, tendo todos os restantes sido escritos por outras mãos. Mesmo assim, a Universal, que detém os direitos da série, quer continuar a vertê-la para o grande ecrã. A pergunta que muitos colocam é se fará sentido fazê-lo sem o actor que até à data deu corpo ao protagonista, Matt Damon, e que já disse que não voltaria ao papel se Greengrass não estivesse envolvido no projecto.

Uma forma de convencer o intérprete a regressar pode estar na opção do estúdio para realizar o novo filme, intitulado
«The Bourne Legacy», tal como o quarto livro da série, o primeiro não escrito por Ludlum. O cineasta escolhido foi
Tony Gilroy, nada menos que o argumentista dos três filmes da série, o que poderá fazer Damon mudar de opiniões e abraçar o projecto, até porque ele assumiu que poderia voltar «se a história fosse boa e abordasse correctamente a personagem».

Alem disso, Gilroy tem também experiência como realizador, com o muito elogiado
«Michael Clayton» e o menos bem acolhido
«Dupla Sedução». O produtor do filme continua a ser
Frank Marshall e parece estar garantido que, mesmo que Damon não regresse ao papel, o projecto seguirá em frente com outro actor.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.