Quando a Verve Records editou «The Velvet Underground & Nico», em março de 1967, com a capa com a banana descascada, imaginada por Andy Warhol, o álbum foi tudo menos um líder de tabelas. No entanto, como a popular declaração atribuída a Brian Eno comprova, o disco pode não ter vendido muitos exemplares mas «toda a gente que o comprou formou uma banda». E a aclamação do seu pioneirismo só tem vindo a aumentar ao longo das quatro décadas e meia que passaram desde o lançamento original.

O lançamento, que celebra os 45 anos do disco, vai incluir a remasterização de versões estéreo e mono das gravações originais, assim como registos nunca antes revelados de ensaios da banda na Factory, de Warhol, e raridades captadas em acetato, em abril de 1966, nos Scepter Studios, que apresentam versões alternativas de canções que, mais tarde, seriam incluídas em «The Velvet Underground & Nico».

A caixa Super Deluxe, com edição limitada, é composta por seis CDs que apresentarão igualmente um concerto, só agora tornado disponível, onde os cinco Velvets originais – Lou Reed, John Cale, Sterling Morrison, Moe Tucker e Nico – subiram ao palco do Valleydale Ballroom em Columbus, no estado do Ohio, em novembro de 1966, além de «Chelsea Girl», o disco de Nico de outubro de 1967 (sete meses após o registo dos Velvets), que conta com a participação de todos os elementos do grupo e de um adolescente cantor folk, chamado Jackson Browne. A edição Super Deluxe fica completa com um livro de 88 páginas e um novo texto do biógrafo da banda, Richie Unterberger.

Todas as remasterizações, trabalhos de bobines e tarefas digitais foram supervisionados pelo veterano A&R e produtor, Bill Levenson, nos prestigiados Sterling Sound Studios, em Nova Iorque. Bill Levenson tem colaborado com os Velvet Underground ao longo das últimas três décadas, nomeadamente na primeira versão deluxe e aumentada de «The Velvet Underground & Nico», em 2002.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.