Um concerto na Cidade Invicta era algo que a cantora ambicionava tendo finalmente concretizado esse desejo e subido ao palco da Casa da Música para um concerto muito especial.

Com o seu último álbum na bagagem, «O Que Tinha de Ser», Adriana não poupou nos elogios ao público nortenho que se deslocou à tão nobre sala, que mesmo sendo um dia da semana, se encontrava praticamente lotada.

Não querendo atormentar os fãs, Adriana escolheu o tema Sem Fazer Planos para o início do espectáculo, imediatamente reconhecido pelo público, que no entanto, mostrava uma grande timidez para com a cantora. Adriana tentou sempre fazer com que existisse uma comunicação bilateral mas a resposta era muito fraca.

Um espectáculo com poucas extravagâncias, apenas focado na cantora e na banda que a acompanhava, onde juntos fizeram o seu trabalho com nota muito positiva. Adriana procurou sempre não deixar extinguir o elo de ligação com a plateia que lá começou a responder.

Amante de flauta, Adriana protagonizou solos dignos de excelência, de alguém com muita experiência e sabedoria, sem medo de arriscar onde recebeu fortes elogios e aplausos pela performance demonstrada.

De entre temas dos seus dois álbuns, Cara ou Coroa foi cantado com o público, como um coro afinado que já não se recusava em partilhar a sua voz. Pequenas brincadeiras aconteceram onde houve até momentos de disputa entre as duas metades da sala. Adriana tinha a lição bem estudada e provou que consegue convencer uma plateia, até as mais exigentes.

Com vários temas presentes em séries de televisão, eram poucos os que não soltaram uma nota musical e o tema Vida Imperfeita foi um bom exemplo disso. A sala já nem parecia a mesma do início do evento mas o fim começava a espreitar infelizmente.

Sempre muito directa e frontal, Adriana apresentou-se depois do encore muito agradecida pela noite que tinha conquistado. O Que Tinha de Ser foi um momento único onde a artista no piano cantou e encantou todos os presentes.

“Era um desejo enorme que tinha tocar nesta cidade”, disse Adriana visivelmente emocionada com o aplauso do público. Aplauso esse revelador da grande vitória da artista que certamente não esquecerá este concerto apesar de todos os grandes eventos de que será protagonista num futuro próximo.

Texto: José Aguiar
Fotografias: Filipa Oliveira

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.