Nenhuma das músicas tinha antes sido cantada, tocada ou gravada por nenhum dos intervenientes. José Afonso, Sérgio Godinho, Fausto e Rui Veloso foram os compositores nacionais escolhidos. Violeta Parra, Léo Ferré e Jacques Brel surgem revisitados neste encontro inédito. Pelo meio, um original de Bernardo Sassetti com poema original de Mário Cláudio, um tradicional açoreano («Sol») e «Talvez por acaso», fruto de uma parceria de Manuela de Freitas e Carlos Manuel Proença.

Carlos do Carmo e Bernardo Sassetti já se tinham encontrado em palco em variadíssimas ocasiões, e para este disco só precisaram de meia dúzia de ensaios. A engenharia de som a cargo de Tó Pinheiro da Silva num disco gravado «sem rede».

As edições disponíveis apresentam ainda documentário realizado por Aurélio Vasques, um especial que apresenta momentos íntimos de estúdio, takes de gravações do disco, bem como o «making of».

Eis algumas das canções presentes no disco:
Gracias a la Vida (Violeta Parra)
Avec Le Temps (Léo Ferré)
Lisboa que Amanhece (Sérgio Godinho)
O Sol (popular)
Porto Sentido (Carlos Tê / Rui Veloso)
Cantigas do Maio (José Afonso)

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.