Em 1985, diz o casal Sequeira, o Rock in Rio era mais «rock». Os telemóveis não estavam lá para se comunicar dentro do recinto e as condições não eram as mesmas. A lama era parte integrante do evento.

Em 2011, as mudanças são muitas. Os pais podem trazer consigo os filhos e deixá-los «à vontade», as estruturas na cidade do rock são muito diferentes mas a lama volta a estar lá.

É que no dia em que esta família escolheu ir ao Rock in Rio, a chuva não perdoou e atacou o recinto, deixando para trás algumas enormes poças de água e um relvado artificial ensopado. Mas isso não impediu que a festa continuasse…em família, com amigos ou a dois.

@Inês Mendes e Alice Barcellos

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.