A cantora que aguarda o seu primeiro filho, fruto do seu casamento com Sam Cooper, declarou que está contente por se ter afastado da “loucura” da cena musical.

“Tive algumas saídas com Amy e sei perfeitamente o que se costumava passar. É tão fácil ser apanhada naquela loucura. Fui forte o suficiente para me afastar” revelou Allen ao jornal The Sun.

"Quando a Amy morreu, recebi várias mensagens de amigos que que diziam estar muito contentes por ainda cá estar, que ainda não tivesse morrido também. A sua morte quase não pareceu real. Amy tornou-se numa caricatura de si própria.”

Entretanto a fundação Amy Winehouse vai ser lançada a 14 de setembro.

Paulo Costa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.