O dedilhar da guitarra portuguesa passeia quem ouve o disco "pela cidade, sobe colinas, desce calçadas, espraia-se nas praças, avança pelas avenidas, debruça-se nos miradouros e espreita o Tejo", refere ainda a promotora, referindo-se ao tema "Sobre Lisboa", incluído neste disco.

No trabalho discográfico, Custódio Castelo diz "bem-haja" a Amália Rodrigues no tema “In agradecimento Fado”. Outra memória que inspirou o músico foi a morna e o seu expoente máximo - Cesária Évora -, presente na canção “In agradecimento Miss Morna”.

O disco foi gravado nos estúdios Pé de Vento e a captação, mistura e masterização são da responsabilidade de Fernando Nunes (Naná) e Custódio Castelo.

O artista, na guitarra portuguesa, reuniu-se com vários músicos, como Carlos Menezes no contrabaixo e Carlos Garcia na guitarra clássica, que integram o Custódio Castelo Trio.

Contou ainda com a participação do acordeão de Richard Galliano, do violino de Ianina Khmelik, do clarinete de Pedro Ladeira, da guitarra de 10 cordas de Miguel Carvalhinho, do baixo acústico de Joel Pina, das guitarras clássicas de Jorge Fernando, José Elmiro Nunes e Alexandre Silva, das cordas crioulas de Vaiss Dias, das programações de Fernando Nunes, e da participação da classe de guitarra portuguesa do 1.º Curso Superior de Guitarra Portuguesa da ESART, lecionado por Custódio Castelo.

As fotos incluídas no disco são da autoria de João Carlos, a conceção artística é da responsabilidade de Rosalina da Silva e o design de Luís Jordão.

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.