A cantora britânica foi encontrada hoje sem vida aos 27 anos em casa, em Londres, vítima de overdose.

Luís Montez, da promotora Música no Coração, tinha contratado Amy Winehouse para a edição deste ano do festival Sudoeste, na Zambujeira do Mar.

O concerto fazia parte de uma curta digressão europeia de Amy Winehouse que acabou por ser cancelada em Junho devido a "problemas de saúde".

O promotor recorda-se da primeira vez que viu Amy Winehouse ao vivo, em 2007 em Austin, Texas, no festival South by Southwest, e de como a actuação emocionou a plateia.

"Logo à primeira música estavam todos a chorar, e oitenta por cento da plateia eram homens, muitos deles profissionais da música", disse o promotor.

Amy Winehouse actuou apenas uma vez em Portugal, em 2008 no Rock in Rio Lisboa.

Luís Montez queria trazê-la a Portugal, numa altura em que lhe tinham garantido que os problemas com drogas e álcool estariam superados e que estava na forja a edição de um novo álbum.

"Ela era especial, tinha uma voz incrível, um talento enorme e ninguém lhe deu a mão e protegeu. Queria que esta notícia não fosse verdade", sublinhou o promotor.

A cantora britânica deixa apenas dois álbuns editados - "Frank" (2003) e Back to Black" (2006).

@Lusa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.