O antigo produtor de Michael Jackson, Rodney 'Darkchild' Jenkins, afirmou que acredita firmemente que se Michael Jackson ainda fosse vivo, teria contribuído no novo álbum de Justin Bieber.

Jenkins, que trabalhou no álbum de 2001 de Jackson, “Invincible”, e também no novo álbum de Bieber “Believe”, afirmou que uma colaboração teria certamente acontecido.

Em conversa com a “Evolution: The Road to Believe”, uma revista lançada com o novo álbum de Justin Bieber, Jerkins afirmou: “Eu acho que se o Michael Jackson fosse vivo, eu teria conseguido agendar uma reunião e fazer com que eles fizessem alguma coisa em conjunto”.

Paulo Costa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.