O comentador anónimo revelou que, apesar das músicas ainda não estarem terminadas, as suas linhas mestras já estão estabelecidas. De acordo com esta pessoa, a artista andava em estúdio há mais de três anos.

“A Amy expressou a sua vontade de regressar a estúdio e, após alguma consultas, toda a gente achou que seria algo positivo e uma espécie de distracção para as coisas menos boas que lhe estavam a acontecer", revelou.

O chefe executivo da Universal, Lucian Grainge,que ouviuas músicas consoante a vontade e disposição de Winehouse, revelou,em Novembro de 2008, na cerimónia dos Music Industry Trust Awards, que as faixas que tinha ouvido eram “sensacionais”.

Segundo o jornal The Guardian, qualquer material a ser lançado terá, previamente, queser autorizado pelos pais, agente e também pela editora da artista.

Recorde-se que, noVerão passado, Winehouse explicou que o seu terceiro álbum seria lançado em Janeiro de 2011: “O álbum vai estar pronto daqui a seis meses no máximo e será muito similar ao meu segundo álbum.”

Paulo Costa

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.