Os Prison Flag nasceram em finais de 1998 na vila de Sintra.Peter S.T. Miller e Charlie nas vozes, Ozkar e Figaz nas guitarras, Diabo Jr. no baixo, Master X nos teclados e samplers e Skinny na bateria formam hoje um das maiores "esperanças"? do panorama metal de Portugal.

Depois de vários anos de trabalho, duas demos, bastantes concertos em todo o país, os Prison Flag gravam a promo track Mí Dolor (Vida de Sangre).

A música cria de imediato um forte impacto no panorama underground português. O vídeo roda na Sic Radical, Sol Musica, RTPN e MTV Portugal, acabando despertar o interesse de várias editoras, aí surge a Ethereal Sound Works com uma proposta que agrada à banda e os Prison Flag assinam um contrato de dois discos.

Depois de assinar com a Ethereal Sound Works, a banda concentra todos os esforços no seu álbum de estreia (Misplaced) e, em 2005, entra no Rec N' Roll Studio para gravar 13 temas com Rui Danin (Pitch Black), Paulo Barros e Luís Barros (Tarantula). O álbum tem a masterização de Tommy Newton, conhecido pelo seu trabalho com os Guano Apes, Scorpions, Helloween, etc.

O som dos Prison Flag é uma "porta"? entre a escuridão e a luz, entre o amor e o ódio, deambulando por momentos agressivos pintados com ambiências e partes melódicas, o que não é comum encontrar-se neste estilo de música.

Stay Tuned

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.