A empresa líder mundial das plataformas áudio Spotify anunciou hoje uma redução de "cerca de 17%" dos trabalhadores, para reduzir os custos num contexto de abrandamento "dramático" do crescimento económico.

"Para alinhar o Spotify com os nossos objetivos futuros e garantir que estamos adequadamente dimensionados para os desafios que se avizinham, tomei a difícil decisão de reduzir o nosso número total de efetivos em toda a empresa em cerca de 17%", escreveu o CEO Daniel Ek numa carta aos funcionários do grupo, consultada pela France Presse.

Em outubro, a plataforma musical sueca anunciou o regressou ao lucro operacional no terceiro trimestre deste ano, após vários trimestres negativos, registando 32 milhões de euros.

Tudo o que se passa à frente e atrás das câmaras!

Receba o melhor do SAPO Mag, semanalmente, no seu email.

Os temas quentes do cinema, da TV e da música!

Ative as notificações do SAPO Mag.

O que está a dar na TV, no cinema e na música!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOmag nas suas publicações.