Boas notícias para os fãs da banda veterana que regressa, agora, aos palcos, depois de um grande intervalo. Apesar de bastante desfalcados em relação à formação original, os Tank apresentam-se num momento de excelente forma, depois do lançamento do álbum "War Machine" em Outubro de 2010, com excelentes críticas.

A banda nasceu em 1980, em plena New Wave of the British Heavy Metal, e não tardou a ganhar um lugar de destaque ao lado de nomes como Motörhead ou Diamond Head. O caminho não foi fácil e as mudanças de formação sucederam-se, até à separação em 1989.

Se excluirmos uma tentativa de regresso em 1997 - que deu origem ao álbum ao vivo "The Return Of The Filth Hounds Live" -, a banda só regressou aos palcos 20 anos depois, em 2009. Aos guitarristas veteranos Mick Tucker e Cliff Evans, juntaram-se o baixista Chris Dale, que acompanhava Bruce Dickinson a solo, e o vocalista Doogie White, que muitos reconhecerão pelas suas prestações nos Rainbow ou nos Rising Force de Yngwie Malmsteen. Fresquinha - com cerca de dois meses - é a entrada do novo baterista, Mark Cross, que passou por bandas como Helloween, Kingdom Come e, mais recentemente, Firewind.

A tour europeia agendada para o segundo semestre deste ano é a oportunidade perfeita para os fãs mais novos verem, pela primeira vez, um das bandas que mais influenciou grandes ícones como Metallica ou Nirvana. Já os mais velhos vão poder matar saudades de "Shellshock" ou "Stormtrooper" e decidir se dão uma oportunidade a esta nova encarnação dos Tank.

Bilhetes à venda a €20.

Liliana Nascimento

Newsletter

Fique a par de todas as novidades do SAPO Mag. Semanalmente. No seu email.

Notificações

Os temas quentes do cinema, da TV e da música estão nas notificações do SAPO Mag.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.